Economia

Você está aqui: Página Inicial / Economia / Nissan oferece uma banana à Urubóloga

Nissan oferece uma banana à Urubóloga

A Fiat com o Jeep fez o mesmo: do Brasil para o mundo
publicado 05/01/2016
Comments
banana

Banana para colorir. De Ghosn, com carinho

Carlos Ghosn conduziu a Nissan ao invejável papel de tomar o lugar das montadoras americanas no mercado americano:

http://www.nytimes.com/2016/01/01/automobiles/auto-industry-sales-explode-in-an-ever-changing-market.html?ref=automobiles

A Nissan está ali, na liderança, na companhia das outras japonesas Toyota e Honda, das coreanas Hyundai e Kia, além de marcas de nicho, como Subaru e BMW.

Ghosn já demonstrou ser um dos mais competentes dirigentes de indústrias automobilísticas globais.

Segundo o Globo, ele vai produzir o novo modelo global, o utilitário Nissan Kicks, no Brasil, em Resende (de onde os tucanos de São Paulo não passariam, não fosse o PiG…).

Com isso, vai gerar 600 novos empregos e investir R$ 750 milhões nos próximos três anos.

O Kicks chega ao mercado em 2016 e daqui será exportado, primeiro, para a América Latina.

A Nissan segue os passos da Fiat, que também fez de Goiana, em Pernambuco, a plataforma para a produção mundial de seu Jeep Renegade.

Coitada da Urubóloga…

Ela pensa que é levada a sério.

Em tempo: com o dólar a R$ 4, a Urubóloga vai receber uma caixa da banana por dia.

Paulo Henrique Amorim

Conteúdo relacionado
Por que me ufano