Política

Você está aqui: Página Inicial / Política / Janot: meio-covarde, meio-valente

Janot: meio-covarde, meio-valente

E não é cassado!
publicado 29/03/2016
bessinha janot fazem

O assim chamado Procurador Geral da República (sic), aquele que blinda o Aecím, disse ao Supremo que é a favor de o Lula tomar posse como Ministro-Chefe da Casa Civil.

Mas, ainda assim, segundo o Procurador, tem que ser julgado pelo Moro.

Ou seja, o Lula é Ministro e, para o Janot, não tem direito a foro privilegiado.

É um Ministro Diaraque!

A decisão do sóbrio Procurador  provocou antológica observação de amigo navegante:

O parecer do Janot a favor da nomeação de um ministro sem foro especial, além de ser motivo de cassação e processo em qualquer país em que não haja monopólio fascista da imprensa, posto que violenta meia dúzia de artigos expressos da Constituição, é histórico: meio-covarde, meio-valente – impotente.