PIG

Você está aqui: Página Inicial / PIG / A corrupção que a Globo não consegue provar

A corrupção que a Globo não consegue provar

A Globo levou o Carlos Araujo no bolso e a Dilma na conversa ?
publicado 16/01/2016
capa fora usar.jpg

O Carlos botou a grana toda no HSBC da Suíça

A revista da Globo, a Época, fez barulhenta denuncia de deslavada corrupção – que ela não consegue provar.

A Época – que só não fecha porque a TV a sustenta – se lambuza numa tentativa de mostrar que o ex-marido da Presidenta, o advogado Carlos Araujo se meteu na Lava Jato, aquela que o Técio soube definir muito bem.

Diz a Globo:

 " emergem dessa investigação evidências de que Carlos Araújo prometeu ajudar a Engevix…"

Prometeu ?

Ajudou ?

Embolsou quanto ?

Foi apanhado na Zelotes ?

A Engevix conseguiu levar o Carlos no bolso e a Dilma na conversa ?

Emerge, então, o quê ?

É o lobby que não houve.

É a corrupção que não se concretizou, como aquela em que o Serjão comprou a reeleição para o Príncipe.

A própria revista da Globo diz que não levou a reportagem adiante, por falta de provas !

Lembra aquela histórica “reportagem” do detrito sólido de maré baixa, escrita  a quatro mãos por Daniel Dantas e o assessor de Comunicaçao (sic) do Alckmin.

A “reportagem” plantou uma conta do Lula em paraíso fiscal: “publicamos porque não conseguimos desmentir” !

(Ler em tempo4.)

É a turma de dar inveja à equipe Spotlight do Boston Globe.

Sobre a retumbante denuncia, veja a nota oficial em resposta:

A presidenta Dilma Rousseff desconhece qualquer reunião entre Carlos Araújo e representantes da Engevix, assim como qualquer pleito que tenha sido feito ao governo. Informa ainda que não tem relação com as pessoas citadas pela revista.

Em tempo: o sistema Moro de vazamentos concedeu à revista IstoÉ uma prova irrefutável da corrupçao de João Santana. Que já foi obrigado a gastar o seu latim para descrever as contas e as receitas que tem, no exterior.

Em tempo2: a revista em tela é injustamente conhecida como QuantoÉ.

Em tempo3: a revista injustamente chamada de QuantoÉ não paga os salarios em dia há algum tempo.

Em tempo4: por causa dessa “reportagem”, o conspícuo senador Heraclito Fortes, hoje deputado socialista, promoveu um almoço de culinária árabe em sua casa em Brasilia. Foi para Daniel Dantas explicar ao entao Ministro da Justiça Marcio Thomaz Bastos que a “reportagem” era “no bom sentido”, “nada para ofender”.  Presentes, na bancada de apoio ao Dantas, o advogado brasiliense Sigmaringa Seixas  e o ministro da Justica.

Viva o Brasil !

Em tempo5: com um ministro desses o vazamento não vai parar nunca ! Ele é refem da PF, a sede da sedição.

Paulo Henrique Amorim