Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Publicado em 29/04/2012

Tijolaço: jornalista
bandido bandido é

Não existe jornalista bandido; bandido é bandido



Inspirado em frase do delegado Protógenes Queiroz – não existe jornalista bandido; bandido é bandido – o Conversa Afiada reproduz trechos de excelente post de Fernando Brito, do Tijolaço.

O Conversa Afiada recomenda também a leitura de “Sem Civita e Marinho CPI é uma farsa”.

Ao Tijolaço:

Jornalismo e cumplicidade não são o mesmo


Não está em pauta, na CPI do Cachoeira, o sigilo de fontes jornalísticas.


Ninguém se interessa em saber qual foi a fonte do senhor Policarpo Júnior, da Veja, para os oito anos de matérias bombásticas, com gravações de diálogos escusos e revelação de supostos negócios ilegais.


Não tem interesse, porque todos já sabem: Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, o “empresário de jogos”.


O que se quer saber é outra coisa: como foi o pacto de interesses políticos firmado entre a revista e o contraventor.


Carlos Cachoeira não forneceu uma ou duas informações à Veja. Teve, sim, uma longa convivência que, em termos biológicos, teria o nome de mutualismo: uma interação entre duas espécies que se beneficiam reciprocamente.


Cachoeira usava a Veja como instrumento de seu esquema de coação, chantagem, propinagem.


Veja usava Cachoeira como fonte de combustível para a fornalha de seu ódio político contra governos de esquerda, Lula e Dilma.


A maior prova é que as ligações de Cachoeira com Demóstenes Torres e Marcone Perillo, dois aliados de Veja no campo político, nunca foram objeto de apuração por parte da revista.


Ao contrário, o tal “grampo” do diálogo entre Demóstenes e o então presidente do STF, Gilmar Mendes, foi apresentado como resultado de arapongagem governista e fez estragos dentro da Polícia Federal.


Repíto: não se quer saber quem era a fonte de Veja, porque isso já se sabe, mas quais foram as relações entre a revista e a editora Abril no uso de gravações clandestinas, que eram as ferramentas de chantagem de Cachoeira.


Não existe “sigilo de fonte” na decisão interna de um órgão de imprensa em manter uma  longa sistemática relação com um bandido.


Qualquer jornalista sabe a diferença entre receber informações de um bicheiro sobre algum caso e a de, sistematicamente, receber dele material clandestino que incrimine os policiais que lhe criem problemas. Sobretudo, durante anos e sem qualquer menção à luta de submundo que se desenvolvia nestes casos.


No primeiro caso, é jornalismo. É busca da informação e sua apresentação no contexto em que ela se insere.


No segundo, é cumplicidade. É uma associação para delinquir, criminal e jornalisticamente.


No crime, porque viola, de forma deliberada, direitos e garantias constitucionais. No caso Murdoch, o escândalo foi seu jornal ter grampeado telefones por razões políticas. Neste, o de ter utilizado por anos gravações clandestinas fornecidas por um terceiro, umn contraventor.


Sob o ponto de vista jornalístico, a pergunta é: se o “grampeador” de Murdoch tivesse trabalhado de graça, o seu jornal, News of the World,  teria menos culpa?


Cachoeira trabalhou “de graça” para a revista, mas a revista sabia perfeitamente de seus lucrativos interesses em fornecer-lhe “o material”.


Seria o mesmo que o repórter de polícia, durante anos, saber que a fonte das informações que recebia as transmitia por estar interessado em “tomar” outros pontos de bicho e ampliar seu império zoológico.


É irrelevante se o repórter fazia isso por dinheiro ou por prestígio.


Repórter que agia assim, no meu tempo, chamava-se “cachorrinho”. E tinha o desprezo da redação.


Não se ofenda a profissão confundindo as duas coisas e nem se diga que o sr. Policarpo é mero repórter. É alguém, que pelo seu cargo, tem realções diretas com a administração empresarial da revista.


Não tem sentido falar em “preservação de fontes jornalísiticas” quando a fonte e o relacionamento entre ela e um editor – não um simples e inexperiente repórter – já são objeto de registro policial devidamente autorizado pela Justiça.


Sobre o que Veja e Cachoeira conversavam está no processo, não há sigilo a se quebrado aí.


O que se quer saber é como e por que Veja e Cachoeira viveram esta longa relação mútua e que benefícios para uma e outro advieram dela.


Por isso, o senhor Policarpo Júnior deve prestar, como testemunha, declarações à CPI.


Poderá alegar preservação de fontes quando for perguntado se a direção da editora sabia a origem do material que publicava?


Não parece que isso seja sigilo profissional, do contrário Murdoch escaparia ileso.


As gravações … pelo jornalista Luis Carlos Azenha,no Viomundo …   são uma pá de cal no tal segredo de justiça que, todos estão vendo, não existe mais.


Dois bandidos assumem que dirigiam as publicações de “escândalos” na Veja.


E isso é um escândalo, que não pode ficar oculto.


Ocultar fatos, sim, é que é um atentado à liberdade de imprensa.

Comentários

  • LMB

    O instrumento de trabalho das bandidagens do Cachoeira a revista veja , vai ser anisteada pela cpmi ?

  • Cláudio

    Isso mesmo : jornalista bandido bandido é. Por não respeitar a nobre missão de, no mínimo, informar a verdade factual para que desta o público construa sua percepção de realidade maior. Mas, meu prezado Jornalista (caixa alta, com louvor), neste 1º de Maio, parabéns a você, Paulo Henrique Amorim, e a tantos outros companheiros e companheiras de bom combate, por honrarem o seu trabalho dignificando o que outros tantos maus exemplos simplesmente jogam na lama, inconsequentemente, sem maiores preocupações ou qualquer escrúpulo. Acredite, o seu trabalho incansável e combativo é grande parte do que ainda mantém a perspectiva de um Brasil e de um mundo melhores para todos e para todas. Parabéns ao agora novo Ministro Brizola Neto, parabéns aos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil e viva o povo brasileiro ! ! !

  • italo

    A Democracia, o Estado Democrático de Direito, assim como ele é, no Brasil, teme o Estado Policial, não admite fiscalização e considera roubo de dinheiro público, segredo de Justiça. Uma decisão definitiva pode demorar mais de 20 anos. Só com ajuda da PF, a Imprensa descobre velhas raposas da política, o crime organizado além de sonegar impostos do “ramo de jogos”, também está infiltrado em empresas que recebem dinheiro público, ganha nas duas pontas. O PIG sempre desconfia da versão oficial do governo do Brasil, não desconfia da versão oficial do Roberto Jerferson, do Cachoeira, do Daniel Dantas, do PSDB, do DEM,etc. Existem coisas à considerar quando não se quer que um País seja roubado, existem coisas à considerar quando se quer roubar um País.

  • Carlos C.

    Os jornalistas éticos e honestos vão ficar parados olhando toda a classe ser jogada na lama?

    Cadê a ABI? Por que não se manifesta? Cadê uma ‘carta aberta à imprensa’, defendendo ou condenando as associações entre jornalista e bandido (ou entre bandido e bandido)?

    Cadê o MPF pra investigar toda essa promiscuidade?

  • José Brasil

    PH, um companheiro de metrô comentou que está pensando em criar uma revista ou um jornal e até me convidou para ser um sócio acionista. Disse que para garantir o sucesso do empreendimento ele está procurando um sócio majoritário que tenha trânsito no mercado de fabricação e plantação de provas. Ele me garantiu que vai ser mamão com açúcar !!

  • EDUARDO / Amparo/sp

    Brizola Neto acaba se ser nomeado pela Presidenta Dilma Ministro do Trabalho.
    Que orgulho me dá esta nomeação.
    Brizola Neto caminhará como seu avô Tri-Governador, que nunca se meteu sem sujeiras, roubalheiras, falcatruas e sempre honrou seus mandatos, tanto no Rio Grande do Sul como no Rio.
    Foi gaovernador no Rio na marra, não deixando a Globo fazer as habituais falcatruas junto com a Proculsult.
    Viva Brizola pai e Brizola Neto e a Presidenta Dilma.
    Vivas a todos nós brasileiros.

  • mauricio

    Depois dessa CPI tem que vir urgente a Lei de Regulamentação da Midia. Tô doido para ver no JN o William anunciar a lei que acaba com a “liberdade de imprensa”…

  • Disse tudo e mais um pouco: “Ocultar fatos, sim, é que é um atentado à liberdade de imprensa.”

  • RicardoJ.

    Se a Ley de Medios é garantia de democracia plena, deveria ser promulgada universalmente pelos órgãos universais, como a ONU, a exemplo dos direitos humanos, para serem aplicadas e respeitadas em todos os países democráticos… Assim, acabaria com as dissimulações divulgadas pelo “PIG” para confundir com censura de imprensa. Com a Ley de Medios, todas as dissimulações “PIG” não ultrapassariam os limites de suas páginas… =^D

  • Benedito

    Perfeito. Não se trata de quebrar sigilo porque já sabemos quem é a fonte. Mas, mesmo se fosse o caso de quebra de sigilo da fonte, o código de ética do jornalismo é bem claro: o jornalista tem o direito de manter em segredo o nome da fonte, mas pode revelá-lo em situações em que essa quebra de sigilo atende aos interesses da sociedade.

  • lucio de souza

    pha se tivesemos um ministro que ficase atento a tudo tenho serteza que muita coisa nao aconteceria mas o cara nao fas nada porque nao pede para sair o outro da justiça tambem e um falastrao o que aconteceu com o big lixo os caras tem medo da red esgoto se fosse um pequenino o cara estaria lascado.

  • Marcos Carvalho

    Esta CPIG vai dar em Pizza ou em feijoada?

  • josé

    jornalismo ridiculo do PIG… muitos jornalistas receberam 100 mil pelo que está divulgado na internet…

  • Adilson

    PHA,

    Um criminoso quando resolve entrar numa escola e dispara tiros em todos que estão a sua frente, independentemente, de religão, objetivo, ideologia, raça, credo, razão, etc…é crime, ou seja, o Código Penal é taxativo em afirmar: matar alguém é homicídio, entretanto caberá à Justiça definir diante das provas se é homicídio simples ou qualificado.
    Ocorre que o Código Penal assevera que mais de três pessoas associarem-se para cometer crime contra a paz pública, é tipificado como crime de quadrilha ou bando, devendo ser tratado com o rigor da lei penal. Portanto, os parlamentares da CPMI do Cachoeira têm o dever de convocar todos, inclusive, as pessoas da mídia que se associaram, formaram uma quadrilha criminosa para pertubar a paz pública, independetemente, de quais foram as contrapartidas, as contrapartidas e o envolvimento de cada um servirá para a Justiça determinar o grau de responsabilidade de cada meliante, e tecnicamente aplicar as penas cabíveis.

  • flaino...

    O “grampinho” defende corajosamente a liberdade de imprensa e a “látex-Global”.

  • veja começou a dar com os ”burros n’agua”,quando começou a se empolgar por ter sido responsável pela demissão de ministros,onde quem colheu os frutos foi Dilma- o que não era a intenção deles,e se lascou de vez justamente quando eles pensaram que iam”incendiar a república”isso nas palavras da própria quadrilha veja-cachoeira. Esse episódio ta sendo considerado o maior mico da revista ,e olha que são milhares,é so reparar que esse caso não mereceu uma linha nem do resto do PIG….não adianta os ”colonistas”la espernearem,o cerco ta fechando.

  • João Carlos

    As ditaduras caem de podres. Com a ditadura midiática não é diferente. Isto já vem acontecendo desde 2002, só
    a própria imprensa não percebe. Os fatos recentes é mais um golpe na sua credibilidade. Daqui para frente, só 5 % dos brasileiros continuarão acreditando no PIG e porque querem acreditar.

  • Ademar do Livramento Luz Vila Nova

    Na Química teria sido uma LIGAÇÃO COVALENTE !

  • oziel f. de albuquerque

    A quadrilha criminosa não é só demostenes, Cachoeira, veja e Policarpo. Temos Gilmar Mendes, jornalista da globo que recebia cem mil por mes para derrubar o governador de Brasilia Agnello, outros membros do jusdiciario, o proprio Serra que contratou um membro da veja para ser seu assessou de imprensa. Estes criminosos queria dá um golpe de estado no governo. porém tem que pagar pelos seus crimes

  • Ary

    “A maior prova é que as ligações de Cachoeira com Demóstenes Torres e Marcone Perillo, dois aliados de Veja no campo político, nunca foram objeto de apuração por parte da revista”. AQUI, matou a pau!

  • Temos que preparar as perguntas e espalhar pelas as redes sociais já antecipando os deputados que irão questionar o CACHOEIRA.

  • Leonel Paulo do Amaral

    Eu não sei até onde a imprensa pode ir constitucionalmente, mas eu vejo, mesmo que nāo houvesse intenção política, a revista age como polícia e quebra todas as regras.
    Não digo que a imprensa deve calar-se quando encontra algo errado em qualquer governo, mas ela não pode assumir um papel que não lhe cabe.
    Os diretores, editores e jornalistas envolvidos terão que responder criminalmente.

  • antonio d.

    A situação está tão desesperadora por lá que o tio_rei agora começou a fazer ameaças de divulgar detalhes sobre a vida sexual de políticos.. Chantagem da mais vagabunda possível. É o fundo do poço.

  • Talvez se Cachoeira se chamasse Beira Mar e, ao invés de branco, fosse negro, a sociedade brasileira se desse conta de que a sexta economia do planeta, com um exército ativo de trezentos mil homens (quatro milhões e meio na reserva), uma das dez forças armadas do planeta dotadas de porta-aviões e numa complicada e complexa posição de porta-voz do terceiro mundo (portanto, angariando eventuais desafetos no primeiro e poderoso mundo), caiu de joelhos diante de um criminoso comum. Um traficante, não importa se de caça-niqueis ou drogas. Branco, é denominado “empresário”.

    As instituições de um país extenso e populoso carcomidas por dentro de um modo que despertará inveja da CIA e será copiada e, certamente, usada pelo Mossad contra seus inimigos de guerra.

    Nunca na história das civilizações, tantos foram tão achacados por tão poucos. Pra ser preciso, por um só. Para que tanque, avião e submarino? A arma de destruição em massa das instituições se chama Cachoeira, ARENA, imprensa irresponsável e cupidez. Como é fácil derrotar o Brasil…

    Não pode haver clemência: o crime verdadeiro dessa quadrilha foi mostrar ao mundo (e potenciais inimigos) como somos frágeis e moralmente divididos.

  • Eduardo Raio X

    Agora o esgoto em que servia essa famigerada revista ultra direitista veio a tona, por encontra suas entranhas e vias de passagem entupidas da pior forma de fazer jornalismo, é hora dos parlamentares justos e dignos ou que ainda resta naquela casa da luz vermelha, mostre brios para que serve a justiça e a lei! A busca pela verdade dos fatos precisa ser buscada a qualquer custo, doa a quem doer, sofra quem tem que sofrer e padeça no próprio inferno que construiu com as mãos e mente! O governo não pode perder essa oportunidade de OURO de abater no chão esse monstro alado, essa hidra do mal como toda sua perversidade tem que ser devorada de dentro para fora!!! Eles esses M… nunca foram democráticos ou magnânimos com o governo do presidente Lula, e já mais darão trégua a presidenta em sua jornada de governo para levar o BraSil com S as grandes conquistas para o nosso futuro como nação!

  • Cláudio

    Maria Libia em 29 de abril de 2012 às 13:37 disse: “Paulo: sempre foi dito que quem não conhece a sua história, torna a vivê-la. É só ir aos arquivos do estadão, da folha da manhã, Correio da Manha, Jornal do Brasil, etc. de 1945, 1954, 1963, queda do Collor, etc., que vc saberá porque os governos LULA/DILMA, sabiam que não ficariam um minuto na Presidência se peitassem a imprensa. Eles também conhecem o povo brasileiro e sabem que ninguém , NINGUÉM MESMO, sairia de sua casa para protestar contra este golpe. Dizer que os presidentes LULA/DILMA foram coniventes ou que eles tem medo, é muito fácil, mas quero ver vcs irem protestar nas praças contra o que atualmente está acontecendo. Covardia é esse o nome. Como dizia PLinio Marcos, eles (os covardes) tem que genhar o leitinho das crianças.”

    Isso eu não sabia mas já suspeitava de que não conheço toda a história. Também não digo que os admiráveis presidente Lula e a presidenta Dilma sejam coniventes (ou covardes) mas subestimar o povo sob o estereótipo inculcado pela própria mídia golpista não me parece conduzir a uma definição positiva. Que se chame o povo para participar e só depois então se diga se é covarde ou não.

  • Julio Moreira

    Piada da semana.

    ” Desmatar é bom para o agronegócio, e se é bom para o agromegócio, é bom para o Brasil ”
    Carlos Sperotto presidente da Farsul/RS UDR CNA

  • Julio Moreira

    Erros primários:
    O Cachoeira não conseguiu distribuir tefones anti-grampos a todos seus aliados.
    O Policarpo estava pagando uma fortuna para fazer curso de detetive à distância com ex-agentes da cia e mossad, parou de pagar porque estava confiante.
    O Deóstenes deu o golpe do Baú, casou com uma mulher rica que lhe deu um apartamento de 2 milhões.
    O Cachoeira apesar de bicheiro, desconhece o Pulo da Onça.
    A Veja cega de ódio, invadiu o quarto errado do hotel onde estava o Zé Dirceu, confundiu o número 6 com 9.

  • Leno Lindo do Amor Divino

    O texto coloco bém a questão,é associação c/ o crime,e por longo tempo…murdoch,no nosso caso é café pequeno…iginemos q coisa parecida ocorresse nos eua;o q a promotoria de lá diria?os jornalistas protegiam grupos criminosos p/ obter duvidosos escândalos…PH,vc q morou tanto tempo por lá,o q poderia acontecer?Estariam todos livres em nome, n do sigilo da fonte (q foi p’ra cucuia;todos sabemos quém é a ‘garganta profunda’ do jabaculê),mas da liberdade de imprensa?N seria crime?

  • JORGE

    PH

    Existe prova suficiente de atentado ao Estado Democrático de Direito, na associação criminosa entre o PIG (VEJA ETC), corruptores e outros bandidos.

    Cabe ao Congresso Nacional fazer nossa Operação Mãos Limpas. Como? CRIANDO LEIS PARA QUE ESSES CRIMES NÃO VOLTEM A ACONTECER.

    E, se voltarem, encontrarão de 12 a 30 anos de cadeia em cada tipo penal.

    Um abraço.

  • CAFÉ DO BODE

    Cadê os jovens promotores do Ministério Público.
    Nessas horas onde se escondem?
    Onde estão vocês para defender a sociedade, a sua família?

    O que acontece, alguém saberia explicar se é alienação generalizada ou que diabo é que acontece?

  • Morais

    Esperamos que todos os deputados tenham a mesma opinião, ou pelo menos a maioria e que se faça realmente uma acareação entre este jornalista e seu informante o cachoeira e que ainda seja apurado mais a fundo o interesses dos dois lados neste caso.

  • Armando

    PHA. E o programa de televisão do Barão de Itararé na TV Cultura? Os tucanos não vão permitir. Porque não tentar em um outro canal.? Ninguèm pensou em fundar a TV Barão de Itararé? Garanto que muita gente contribuiria em todo o Brasil.

  • Roberto

    Aquele repórter? da veja que roubou um hotel em Brasília ao não pagar as diárias e ainda arrombou apartamentos procurando documentos e talvez dinheiro dos hóspedes, será que foi preso ou está como a maioria dos bandidos neste país, respondendo em liberdade ????

  • Carl

    Para o seu próprio bem e para o Bem do Brasil, a Dilma tem que enfrentar o PiG e nomear o PHA para Ministro das Comunicações, pois só assim a coisa anda.

    Eu não consigo entender até hoje porque a Dilma, pragmática que é, mantém o (Hi)bernardo como Ministro das Comunicações.

  • Yacov

    Penso que o papel da ‘Imprensa’ na manutenção e consolidação dos valores democráticos no mundo TODO, não só no Brasil, precisa ser repensado URGENTEMENTE!! LEI DE MÍIAS, JÁ!!

    “O BRASIL PARA TODOS não passa na gLOBo – O que passa na gloBO é um braZil para TOLOS”

  • Maria Angélica Vieira.

    uem tem telhado de vidro ñ atira pedra no telhado do vizinho, dizia minha avó. Quem denunciava corrupção
    no gov, agora está com a vidraça à mostra.

  • Jacó do B

    A Ley de Medios é o único atalho necessário para a consolidação da democracia no Brasil!

    • Washington

      O Mino Pedrosa em nome do Cachoeira destribuia Mensalão de 100.000 reais para jornalistas em operação para derrubar o Agnelo e botar o vice no lugar? Não, me belisquem que não tô creditando!!! Báááárrrrrrbáááárrriiidaaaaadêêê, Tchê!!!!!

      • Nádia

        Genteeeeeeeee!!!!! Isso é gravíssimo, isso tem que acabar no país, não podemos deixar os BANDIDOS ficarem detonando políticos que NÓS votamos. Cadeia para Civita e CASSAÇÃO à concessão da globo com urgência, não podemos correr o risco de ter os gangster no poder novamente.

    • Yarus

      IMPRENSALÃO, é mais apropriado.

  • Antonio

    Mais de cem pedidos de CPIS na Assembléia Legislativa de São Paulo, todos elas arquivadas! Quem protege bandidos, bandido é? Tá na hora de divulgarmos os nomes dos partidos e dos deputados estaduais que tem, sistematicamente, votado contra a a instalação de Cpis na Alesp. No estado de São Paulo faltam professores nas escolas (onde trabalho, em Pirituba, os alunos estão sem professor de Ciências desde o inicio do ano). Faltam médicos nos Hospitais Públicos. Isso está acontecendo em todo o Estado. Enquanto isso, recursos públicos são carreados para o propinoduto de São Paulo.Deputados que não apoiam as CPIs de São Paulo são o que, Cara Pálida?

  • Rafael

    Triste é a situação do assinante dessa excrescência, apropriadamente chamada ‘detrito sólido de maré baixa’ pelo PHA, que paga caro pra ter a mente usada como penico por gente do mais alto gabarito intelectual e moral, como o nobre editor Policarpo.
    Deveriam presentear o pobre assinante da publicação com um diploma de cabeça de penico, assinado pelo Policarpo.

  • souza

    até a minha cadela sabe que os marinho e o civita são coniventes com a sujeira da globo e veja respectivamente.

  • Márcia

    Eu sugiro que a CPI denuncie toda direção da VÊJA por formação de quadrilha.

  • João-PR

    Saudades do velho Brizola: peitou a Globo “n” vezes.

    Nâo sei se ocorrerá o mesmo com o detrito da maré baixa: que irá ter o peito de propor que o tal PJ e o Civita deponham na CPI????

  • Eliseu F Santana

    A revista veja não faz jornalismo, ela pratica banditismo. Há muito tempo que essa revista procura desestabilizar o governo e suas instituições. Ela já causou muito mal ao povo brasileiro. É chegada a hora do basta !!! Se o Sr. Roberto Civita não conseguir se explicar adequadamente ao Brasil, sua revistinha tem que ser FECHADA imediatamente.

  • Eliseu F Santana

    Para detonar com a VEJA basta uma simples pergunta: Os senhores que se dizem tão interessados em moralizar as relações do poder no Brasil, por que nunca fizeram nenhuma matéria denunciando as mutretas entre Perillo e Cachoeira, ou entre Demóstenes Torres e Cachoeira? Esse sentimento moralizador só vale quando é contra o governo que sua publicação detesta e só encontra defeitos?

  • Carlos Soares

    Definição.
    ABSOLUTO …… nem mais , nem menos.

  • Jorge

    Se o Governo Lula/Dilma não tivesse fortalecido a Polícia Federal, tudo isso que tem sido noticiado sobre Cachoeira, Policarpo, Demóstenes, Delta, etc, estaria acontecendo sem o conhecimento do povo brasileiro.

  • O Miro Teixeira, a pedido do Civita, está a desmoralizar um quase sagrado instrumento da liberdade de imprensa: o segredo da fonte. Não pedido de quebra de segredo, o que há é elucidação de atos do crime organizado. A Veja não será convocada para revelar suas fontes, os criminosos da veja é que prestarão depoimento sobre suas ligações … criminosas.

  • Coutinho

    O que podemos deduzir é que se trata de uma longa conspiração golpista, como já supúnhamos. Que a CPI não deixe pedra sobre pedra. A nação não pode ficar à mercê dessa gente.

  • Johnny

    E a capa da Veja(detrito sólido de maré baixa) falava que o governo usava o caso Demóstenes/Cachoeira/Veja como uma cortina de fumaça para ofuscar o mensalão.

  • Maria fátima

    Nós não podemos ficar a merce de uma imprensa como essa que tem no Brasil. Temos o direito a notícia verdadeira e ética. O PIG já atrasou muito o desenvolvimento do nosso Pais, interferindo no processo DEMOCRÁTICO, ECONÔNIMICO E SOCIAL; É hora do Ministério da Comunicação mostrar qual é sua função. Exigir uma imprensa real, ética e verdadeira. Não cabe mais uma intromissão tao grande na formação de opnião na vida dos brasileiro.

  • Urbano

    O pcc e o cv financiavam (ou financiam ainda) estudantes que fizessem o curso de “Direito”, com a obrigatoriedade de, ao término do curso, trabalharem para a facção. Só que o pig vai mais além, pois subverte os já diplomados bacharéis em “Direito” e “Jornalismo”, cuja índole é irremediavelmente de crápula, para trabalharem no jornalixo bandido. Só não sei bem a troco de quê. Supõe-se que haja alguma merreca por fora ou então a garantia do emprego.

  • silvinho

    veja como a Globo manipula até a Globo:

    um de seus telejornais, o da TV ANHANGUERA, levou ao ar uma matéria bombástica, um conversa gravada entre o governador de Goiás, Marconi Perillo, e o chefão criminoso, Cachoeira. Fique perplexo com a coragem do telejornal da emissora da Globo. Pensei comigo, era tudo que não podia acontecer. Esta noite, o Brasil inteiro vai tremer assim que o Jornal Nacional repercurtir a matéria. A surpresa: o Jornal Nacional omitiu a matéria, preferindo enganar seus telespectadores com vídeos festivos entre Sérgio Cabral e o pessoal da empreiteria Delta.

    Será por quê?

  • Eudes Gouveia

    Vocês prestaram a devida atenção entre o que foi divulgado na Coluna do Ilmar Galvão na página 2 de o globo de 28/04 e o restante da matéria no interior do jornal? Sob o título “Em defesa da Delta”, Ilmar transcreve um diálogo do Cachoeira e Demóstenes em abril de 2011″….eu convivo com eles direto, não tem essa ligação com o Zé Dirceu, ele (o comprador a quem se referem, nota minha EGS) comprou a empresa daqueles dois bandidos…” Já na página 14, 5º parágrafo, o assunto é tratado como uma articulação ocorrida em maio de 2011 e lá a parte referente a não participação do Zé Dirceu é omitida (revelam quem é o comprador: Cavendish). Além disso tenta vincular o nome do Dirceu no caso usando uma reportagem da veja, como sempre.
    Eudes

  • Carlos Barbosa

    Os jornalistas sérios e a ABI deveriam manifestar-se veementemente contra essa orgia midiática que só enxovalha a profissão.

  • Jorge MG

    Eu tenho uma curiosidade muito grande de saber se a Veja tem o vídeo que comprova que o Ex Ministro do Esporte recebeu uma caixa de sapato na garagem. Nada me tira da cabeça, que tem dedo do Cachoeira ai (Eles não queriam o Orlando , o tiro era para o Agnelo)! Eu daria meus dois dente da frente ara ver o delegado Protógenes perguntando e o PJ (Poli) respondendo!

  • Mayara Sandelly

    Está provado que existe uma quadrilha de bandidos que se
    infiltraram no meio de Jornalistas para se passar por estes e
    comandar um atentado à democracia. Temos certeza que o
    Jornalista não é bandido, mas temos certeza que alguns
    Bandidos ESTÃO jonalistas. É só ouvir ou lê a quem esses
    Bandidos jornalistas defendem.

  • Washington

    Foi bom o Fernando Brito afirmar que não está na pauta da CPMI o sigilo da fonte jornalística. E nem o jornalismo investigativo, mil vezes já definido e redefinido nos ultimos dias por jornalistas como Leandro Fortes. Isso porque os bandidos quando acuados buscam o primeiro refúgio que encontram. E no caso destes bandidos travestidos de jornalistas, o primeiro refúgio é tentar esconder suas atividades sob os disfarces de “jornalismo investigativo” e de “sigilo da fonte”. Não conseguirão se esconder.

  • C L B

    Jornalista bandido, bandido é. O dono do órgão de imprensa que utiliza a bandidagem é …CHEFE DE QUADRILHA.

    • ALVARO GONDIM PIRES

      Prezados,
      Vocês viram o comentário de Merval Pereira hoje no jornal O Globo? É de revoltar. Ele simplesmente disse que os diálogos entre a gangue de Cachoeira e os graúdos da Veja não tem nada de mais, eles ainda acham que somos todos truxas e imbecis. É triste vê que um desqualificado desse faça parte da Academia Brasileira de Letras. Mas, pensando bem, é até compreenssível esse pensamento dele, pois, bandido sempre defende atos de outros bandidos. Vamos acessar o Blog dele e deixar nossa indignação.

    • Eugenia

      Concordo plenamente. É tão bandido quanto.

  • salete arruda

    Capas da VEJA sempre TENDENCIOSAS, manchetes de jornais e fotos distorcidas ou escolhidas para favorecer ou prejudicar candidatos…
    Que jornalismo é esse?
    Essa é a HERANÇA DEMOCRÁTICA que vamos deixar depois de tanto sofrimento para as gerações futuras?
    Que DEMOCRACIA sobrevive a grupos de se dizem imprensa SEMPRE DESTRUINDO a LIBERDADE DE EXPRESSÃO?
    Até quando?
    Ou a LEI vale para todos ou não vale para ninguém.
    Essa é a verdade. O resto é capa ou manchete de algum grupo que atua feito máfia para fazer ou derrubar presidentes.

  • cezar

    Irmãos brasileiros fiqueis tranquilos. Aquele senador que manda bater em professoras e adora uma CPI, vair liderar a abertura de uma CPI para investigar a privataria e a mídia…ou será que não gosta tanto assim de CPI?

  • Vera Billie Jean

    Adorei Bessinha!!!
    o governo Lula teve CPIs full time!!!!!!!!!!!!!!
    A tucanalhada nao aguenta 1 CPI!!!!!!!!!!
    Cade as CPI dos 20 anos de desgoverno de SP????????????
    CPI da Privataria JAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

  • Esconder-se atrás da garantia de sigilo da fonte é apenas a forma malandra que a Abril encontrou de tentar proteger seu homem de ligação com a quadrilha de Cachoeira, o Policarpo Jr.
    Não há sigilo em jogo: todos sabem quem foi a fonte de todos os “furos” com que a veja tentou inúmeras vezes golpear o Governo Constitucional da República. Civita trocou favores com o “empresário do ramo de jogos”: este lhe fornecia falsas “bombas” contra Lula/Dilma, e o panfleto falangista escondia os crimes da quadrilha que rapinava o Brasil Central. Isso chama-se concluio, formação de quadrilha, colaboração para o crime. Ou dá cadeia, ou locupletemo-nos todos!

  • cezar

    O sistema capitalista coronelista brasileiro controla a mídia que usa políticos vendilhões da pátria (o pessoal da privataria) para se manter na sua zona de conforto.
    Ou seja, gente a defender seus cartórios ás custas de políticos corrúptos.

    • Maria Libia

      Todo mundo reclama dos políticos chamando-os de ladrões. Mas, de onde vc acha que esses políticos vem? Eles vem de pais brasileiros, famílias brasileiras, casas brasileiras, escolas brasileiras, igrejas brasileiras, negócios brasileiros, univercidades brasileiras e são eleitos por cidadãos brasileiros. É isso que nos temos a oferecer. Éo que nosso sistema produz: LIXO. Então talvez, não são os políticos que fedem, talvez alguma coisa fede por aqui, como O POVO (que somos todos nos). E bem no meio desta gente estão as pessoas brilhantes, pessoas conscientes, onde estão os brasileiros inteligentes e honestos, pronto para entrar em ação, salvar a nação e liderar? NOS NÃO TEMOS ESSAS PESSOAS NO PAIS, pois somos todos omissos.

      • Avante a CPI da Veja/Cachoeira!
        CPI da Privataria Tucana, ley de los Medios e papelzinho do Brizola, ja!
        A imprensa é tão poderosa no seu papel de construção de imagem que pode fazer um criminoso parecer que ele é a vítima e fazer a vítima parecer que ela é o criminoso. Esta é a imprensa, uma imprensa irresponsável. Se você não for cuidadoso, os jornais terão você odiando as pessoas que estão sendo oprimidas e amando as pessoas que estão fazendo a opressão.
        Malcolm X

      • Serrote

        Tem sim, só que elas não querem entrar para a política e, se entrarem, não vão ter financiamento para a campanha…

  • joao

    o pig esta corrompido
    o senado esta corrompido
    o justiciario esta corrompido
    os deputados todos corrompido
    em quem devemos mais confiar?

    • Celso - sp

      caro joao,
      O fato de sabermos de tudo o que esta vindo ai e termos consciência de que restam poucas instancias a se confiar, ainda não é o fim.
      Resta confiar em nossa capacidade de mobilização e pressão, ou seja, mobilizar a sociedade.
      Se um dia não acreditarmos em mais nada, ai sim é o fim.
      Acho que a internet e os blogs sérios como este, cumpre um papel fundamental neste compartilhamento de informações.
      A democracia e justiça vencerão, mas nosso papel e ação como cidadão será fundamental.

  • H.MOREIRA

    Esta faltando macho competente para agir.
    CPI´s são encerradas e anistiadas como foi o caso da CPI dos bancos ou BANESTADO, que levaram bilhões do Brasil e nada aconteceu. Ministro não é investigado quando a Policia Federal grava conversa com senador citando interesse de bicheiro. Governador chama bicheiro de liderança e as intimidades prosseguem…
    Caminhamos para que lado?
    O PIG quer um, os poderes constituidos do Brasil querem qual?

  • Paulo

    Não devemos nos esquecer que a maioria da CPI é comandada
    pelo Govêrno e seus aliados, portanto quem decide o que fazer e quem vai ser convocado são os aliados do PT e do Govêrno. Não adianta culpar as “onipotentes” Globo e Veja

    • E não adianta tambem defender o seu lado, todos já conhecem esse mundinho escabroso da oposição, junto com a mídia comprada!

      • Sérgio Pestana

        E Mais: a mídia em geral é refém dela própria e aos interesses dos donos das empresas, sejam eles interesses econômicos, financeiros, comerciais e, sobretudo, políticos. E agora se soma também os interesses criminosos utilizados mais uma vez nos dias atuais. As exceções, como sempre existem, mas a velha grande imprensa está desnudada diante de seus atos ilícitos praticados pela VEJA, O GLOBO, FOLHA DE SÃO PAULO, O ESTADÃO.

    • H.MOREIRA

      Mas a Veja e o Globo precisam explicar a sociedade do porque defendem e encobrem os desvios de recursos feitos pelo José Serra para as Bahamas e Ilhas Virgens, como provado em A Privataria Tucana.
      Porque silenciam? Defendem o que?

      Silenciaram no” maior roubo de que se tem notícia na história brasileira”,(levaram mais de U$130 bilhões e se deu no BANESTADOno Paraná – o governador era Jaime Lerner.

  • Paulo

    Se as denúncias da Veja que derrubaram a maioria dos ministros da Presidente Dilma serviram para ela ser saudada
    pela Secretária de Estado Americano como exemplo de combate a corrupção, então deve ser bom para o Brasil e não
    demonstração de ódio pela Presidente Dilma.

    • Edvard

      A questão é que a revista e associados queriam paralisar o governo em seu início. Contaram com uma provável inexperiência da Presidenta.
      Ela, ao contrário, agiu de forma contundente e o mérito é dela. O tempo dirá se as denúncias eram verdadeiras ou difamação.
      Atribuir mérito a uma campanha deste tipo é desdenhar do estado de direito.

    • Carlos N Mendes

      O objetivo da revista era DERRUBAR ministros; não era COMBATER NENHUMA CORRUPÇÃO. Basta observar que a “apuração” da revista cessava assim que Dilma defenestrava o tal ministro. Em seguida, voltavam a atenção para outra vítima, que era esquecida assim que também caía. Nunca houve motivação moral nas ações da revista, apenas política.

  • Nilson Fernandes

    Os “cachorrinhos” da Veja é que têm as glórias do Robert(o) Civita. Vamos espremer o Policarpo jr na CPMI da Veja-Cachoeira-Pirillo-Demo ostene etc.

  • Carlos Roberto

    Eu pergunto ao senhores por que o governo federal de forma “inocente ” durante 8 anos alimentou seu maior algoz com propaganda?
    Exemplifico: páginas da inveja com Petrobras, CEF e tantas outras paginas compradas.
    Por favor alguém sabe explicar?
    Você colega alimentaria um grupo de pessoas que desejam unicamente exterminas “seus senhos sua família seu trabalho seus amigos”?

    • É obrigação do govêrno manter as propagandas do govêrno em todo meio de comunicação, se deixasse a inVEJA de fora seria um Deus nos acuda; [querem calar a imprensa e por ai vai]; agora se perguntasse p/ o povo….te garanto, que a maioria diria: MANDA A VEJA COMER CAPIM!

    • Maicon Faria

      Perfeito! Isso eu não entendo! Fico com uma … raiva do governo. quando penso nisso fico super desmotivado!

  • Margareth

    De fato este bandido que alguns ainda chamam de Carlinhos,(nas primeiras entrevistas do Marcone ele falou Sr.cachoeira) to de boca aberta como ele teceu com perfeição este crochê, todos os 3 poderes imprensa,exercíto,marinha,aeronaltica e muito mais que ainda não sabemos,Alcapone do cerrado,que esgoto genteee

  • C. Roberto

    “Sobre o que Veja e Cachoeira conversavam está no processo, não há sigilo a se quebrado aí”. Mas, sobre isso, estranhamente nada vazou até agora. e nem ira aparecer, pois mesmo na CPI continuará segredo de justiça. A PF presta um grande serviço a nação com esse seu trabalho, que, talvez, no final seja inútil. Espero que alguém consiga essa conversa do Poli com o bandido (uma simbiose, não biológica, mas criminal); vai ser muito divertido o papo contido lá!!! Privataria não pode ser esquecida: leia grátis o romance: omarafid@gmail.com

    • O que o Policarpo conversou vai começar a ser publicado esta semana. Agora o que o Demostenes conversou com o Gilmau só ná próxima. A semana que vem vai pegar fogo no rabo deste pessoal .Demóstenes, Perilo,gilmaau, Policarpo, Beto Richa etc e etc. Ainda tem aquele caso do Pará pra ser iniciado, o caso do Brindeiro Gurgel!
      Tem também o caso do Ja,ja Agripino rabo de palha e tem tambémo casodo……………………….,
      Afe!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Álvares de Souza

    Esta é uma CPI curiosíssima. De um lado uma blogosfera a mil, revelando e decifrando todo um esquema criminoso que manteve, durante os útimos 9 anos, os governos do PT, nas cordas, literalmente, apanhando sem piedade, e aparentando uma vocação masoquista difícil de encontrar entre os que praticam a política. Do outro lado, um silêncio sepulcral sobre os fatos que levaram à criação da CPI, em meio à denúncias oportunistas, tentando, em um esforço desesperado, tergiversar sobre os verdadeiros crimes denunciados. E é justamente esse lado, que abriga os delinquentes da vez e os seus acólitos, que parace dar as cartas. A composição da CPMI é reveladora. Salvo alguns gatos pingados, seus membros são, na sua maioria, ilustres desconhecidos, sobre os quais pouco ou nada se conhece. Não que os “notáveis” tivessem que dela participar, mas alguns nomes não poderiam ser deixados de lado. Acho que “acordão” começou aí e que vai continuar, para a frustração dos que torcem por um Brasil melhor.

  • Paulo

    Se a Globo, Veja, Folha de São Paulo e o Estadão são tão influestes, capazes de derrubar govêrnos democraticamente estabelecidos, então o Lula foi conivente por oito anos e a presidente Dilma também está sendo. Se for assim, porque nenhum deputado ou senador ainda não denunciou isso nos
    últimos nove anos?

    • Sergio

      Medo. O Governo se borra de medo.

    • Paulo: sempre foi dito que quem não conhece a sua história, torna a vivê-la. É só ir aos arquivos do estadão, da folha da manhã, Correio da Manha, Jornal do Brasil, etc. de 1945, 1954, 1963, queda do Collor, etc., que vc saberá porque os governos LULA/DILMA, sabiam que não ficariam um minuto na Presidência se peitassem a imprensa. Eles também conhecem o povo brasileiro e sabem que ninguém , NINGUÉM MESMO, sairia de sua casa para protestar contra este golpe. Dizer que os presidentes LULA/DILMA foram coniventes ou que eles tem medo, é muito fácil, mas quero ver vcs irem protestar nas praças contra o que atualmente está acontecendo. Covardia é esse o nome. Como dizia PLinio Marcos, eles (os covardes) tem que genhar o leitinho das crianças.

      • Edmar Lima

        Concordo, Líbia. Não ví nenhum “protestante” em frente ao STF ou ao Senado com um cartazinho de “FORA GILMAR” quando estavam arquivando a representação contra ele e pedindo seu afastamento. Agora, todo fim de semana deveria ter alguem com cartazes, em frente aos tribunais e parlamentos, exigindo apuração rigorosa de todas essas patifarias do DEMOSTENES/PERILO/GILMAR/VEJA e outros. Nessa coisa toda, quem tem menos culpa é o Cachoeira. Ele tá na dele, é “empresário de jogos” e tava fazendo o “jogo” dele. Deve ir à CPI apenas como informante. Quem deve ser investigado é a turma do oficial: Demóstenes, Perilo, Gilmar, Veja (policarpo), o sargento Dadá, e outros que fizeram grampos, gravações e “vazamentos” criminosos. Sobre o Gurgel, recomendo calma. Acho q. as gravações da “Vegas” não eram suficientes pra ferrar o DEMOstenes. A “Monte Carlos” é que escancarou geral as maracutais do DEMOstenes, levando o “Poli” e o “Gilmar”, de cambulha. Acusar o Governo de medo é fácil, mas um tremendo biombo pra ocultar nossa omissão.

      • Sebastião L. Pereira

        Maria Líbia

        Parabens…voce foi brilhante, em todos os sentidos!
        Concordo plenamente com sua assertiva….
        Selpe

  • Victor

    Parece que as relações de Carlinhos Cachoeira respingaram no carnaval carioca: http://odia.ig.com.br/portal/brasil/t%C3%ADtulo-da-beija-flor-de-2011-sob-suspeita-1.435394

  • Carlos Jorge

    Acabo de ler importante notícia na coluna do excelente Wálter Maierovitch no Terra, importante tomarmos conhecimento.

    http://terramagazine.terra.com.br/semfronteiras/blog/2012/04/28/procurador-gurgel-reluta-em-se-declarar-impedido-no-caso-cachoeira/

    • Remaj

      Lendo o artigo recomendado, vejo que é apenas uma questão de intestino. No caso do Brindeiro Gurgel, basta dizer que está precisando visitar uma moita e sair para completar sua ‘obra’….

  • Remaj

    Marginal, que vive da marginalidade em proveito próprio, merece apenas um fim. No caso do Policarpo e dos marginais da Veja,(lá não faltam e a muito desmerecem minha assinatura), estes a muito deixaram de ser jornalistas, passaram a ser a m* do qual cheiro exala e polui a ânsia sempre presente em homens e mulheres, leitores acima de tudo, ávidos por manterem-se atualizados com o dia-a-dia.

    Para que assinar este lixo de hoje chamado Veja? Para que acreditar em uma casa publicadora que deixou a muito, no limiar dos princípios jornalisticos, de veicular informação válida a seus leitores?

    Vão todos a m*, esta parceira de páginas e artigos que tão bem fazem por merecer.

  • Yarus

    Veja-Cachoeira: as provas

    Vamos facilitar a vida dos jornalistas, expremidos entre a escassez de “fontes” e/ou condenados a liberdade de concordar com o seu patrão ou perder o emprego. Abaixo apresento todas as gravações transcritas que comprovam o envolvimento criminoso, ou no mínimo suspeito, da revista Veja com a quadrilha de Carlinhos Cachoeira retirados do inquérito do STF.

    No primeiro diálogo se percebe a predileção da dupla pela leitura da Veja. Que mal poderia haver em um quadrilheiro acompanhar atentamente uma revista? Com certeza, nenhum!…”
    http://margemesquerda.blogspot.com.br/2012/04/quadrilha-veja-cachoeira-em-provas.html#!/2012/04/quadrilha-veja-cachoeira-em-provas.html

  • Eduardo

    Caro PHA,

    A cada dia que passa e novas revelações são expostas, fica mais evidente a relação Cachoeira/Veja-Policarpo. Uma relação muito perigosa.
    Eu estava imaginando que se Bin Ladin contasse em seu quadro de seguidores esse grupo, certamente a república brasileira seria implodida sem soltar um único peido.

  • João Nilton Birnfeld

    Esta é a ponta do iceberg que está para se mostrar por inteiro na sequência, para o bem do Brasil e dos Brasileiros. Foi esta gente que queria continuar a governar neste país. Tentaram por inúmeras vezes desqualificar o governo Lula, e agora o governo Dilma. Com tentativas de golpe inclusive. E com ramificações em todos, ou quase todos os estados. É inacreditável ver agora, o que acontecia neste país. Mas isto só era possível com a complacência, conveniência ou participarção direto do poder judiciário. Que deverá ser passado a limpo também. A criação do tal “mensalão” que na verdade foi uma farça, pra tentar derrubar o governo Lula, e pessoas de seu governo. Na verdade usaram dos argumentos de seus próprios atos, para atingir os outros.
    Mas como diz a reportagem, bandido é bandido. E hoje com o advento da internet, permanece ingnorante só quem quer. Ponto.

  • goianomineirim

    Domingão, feriado emendando, e nós aqui ávidos para ler os desmandos do PIG, sabendo que o dia deles vai chegar,
    quando houver democracia no Brasil veremos muita gente boa sendo algemada e nenhum HC canguru há
    de livrá-los! Deus é Grande!

  • Zanchetta

    Aliás, tenho umas perguntas que não querem calar… quem foi que liberou as primeiras gravações?!?! Por que? Seria ele bandido ou não?

  • Nelson

    CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL
    Art. 52. Compete privativamente ao Senado Federal:
    II – processar e julgar os Ministros do Supremo Tribunal Federal, os membros do Conselho Nacional de Justiça e do Conselho Nacional do Ministério Público, o Procurador-Geral da República e o Advogado-Geral da União nos crimes de responsabilidade; (Redação da EC 45/2004)

    • Carlos Jorge

      Grato Nelson, agora esse nosso procurador além de não procurar nada, quando acha nada faz, é uma gracinha.
      Já que compete ao senado, diante de tanta prova de incompetência ou de sei lá como tipificar essa falta de vontade em agir para com certas pessoas, ele deve ser incriminado, julgado e posto pra fora, como diz Capitão Nascimento: pede pra sair!

    • pensando

      Muito boa Nelson,
      Agora sabemos o poder de uma CPI descente na replública brasileira… Vamos chamar todos “as falas”!!!!!!

  • Carlos Jorge

    Pessoal, pelo amor de Deus me esclareçam: para que serve mesmo esse cargo de “procurador geral da república?”
    Ou esse cara é anencéfalo ou muito sabido!

    • Serrote

      VAi ver que é teleguiado.

    • Amigos, sempre os amigos,
      Brindeiro, Gilmar, InVeja,Poilicarpo, Perilo, O Mafioso Demóstenes e por ai vai.

      • Faz dois anos que cancelei a assinatura da InVeja, mas eles continuam mandando de graça. Eu acho que quem está pagando é os Paulistas. Mas pra mim é de graça. Mas, hoje dei uma folheada na InVeja (que chegou de graça) e vi uma pequena repórtagem do Cachoeira e com declarações da sua atual esposa.
        Ela diz textualmente que ele está para explodir e contar tudo. Ele, na minha opinião deveria mesmo, pois poderá diminuir a sua pena, veja o caso dos bicheiros no Rio, tem uns que pegaram 48 anos de cadeia. É muitotempo Hein!

  • Carlos N Mendes

    O material mais importante para a imprensa – qualque imprensa – é a verdade. Quando o jornalista baseia suas palavras no que ele conseguiu encontrar de verdade nos fatos, ele traz e mantém para si a dignidade, o redpeito e a confiança de seu público. Que a imprensa brasileira esqueça por hora seus laços corporativistas (leia-se Instituto Millenium) e ofereça a roupa suja ds Editora Abril para ser imolada no altar da Justiça. Sob pena de jogar no lixo o que resta de seu bem mais precioso.

Deixe seu comentário...

"O Conversa Afiada não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas ou que excedam 15 linhas."

  •