Brasil

Você está aqui: Página Inicial / Brasil / Moro usou Dirceu para fazer experimento

Moro usou Dirceu para fazer experimento

Mal comparando, o Cel Ustra também fazia
publicado 27/01/2016
exterminador de empregos

Da página Petralha Zuero no Facebook

O José Dirceu estava preso em Brasília.

Ah, mas era prisão domiciliar, dirá o amigo navegante.

Mas, como se sabe, prisão domiciliar é uma forma de prisão - é um castigo!

Pergunta ao FHC se não seria prisão domiciliar ele ser obrigado a ficar trancado no apartamento da Avenue Foch, sem poder ir à padaria, ao Fauchon...

Aí, o Dr Moro decidiu prender o preso Dirceu, com o argumento de que queria ouvi-lo, mas só em Curitiba.

Ou seja, o Dr Moro tem dinheiro para sustentar a PF do , mas não tem para comprar uma passagem, ida e volta, CTA-BSB-CTA!

Dirceu foi devidamente transportado para Curitiba!

Chegou num camburão blindado!

Sabe quando o Dr Moro vai interroga-lo, amigo navegante?

Sexta-feira, SEIS MESES depois!

Por que demorou tanto?

SEIS MESES no pau de arara (psicológico).

Há várias hipóteses para explicar o experimento científico do Dr Moro (não confundir com Dr Mengele).

O Cel Ustra, de saudosa memória, diria que se trata de uma forma de tortura (psicológica).

Abater a vítima moralmente, deixa-la em trapos, se arrastando pelo chão, para que confesse que mandou esquartejar Tiradentes, com dinheiro de propina!

Outra hipótese, seria forçar uma delação premiada, para o Dirceu incriminar o Lula!

Como se vê agora, com o bravo Procurador Santos Lima, novo herói da Casa Grande, a Lava Jato cumpre sua missão principal e original: prender o Lula!

O Dr Moro pode fazer isso, impunemente?

Isso e muito mais!

D Marisa vai ver já!

Paulo Henrique Amorim