Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2014

Publicado em 01/03/2012

Quem são os irmãos de Solano Trindade

O historiador Marcos Rezende enviou um poema para, com este ansioso blogueiro, celebrar.

Quem serão os "engravatados" ?

O historiador Marcos Rezende – clique aqui para ler “Marcos Rezende e os negros da Casa Grande” – enviou um poema para, com este ansioso blogueiro, celebrar.

Celebrar a menção elogiosa que um certo colonista (*) do PiG fez aos dois.

De onde parte, o que de lá sai é um incomparável elogio, para se registrar na biografia.

Prezado PHA,


Segue um poema de Solano Trindade. Veja que maravilha.


NEGROS


Negros que escravizam

E vendem negros na África

Não são meus irmãos


Negros senhores na América

A serviço do capital

Não são meus irmãos


Negros opressores

Em qualquer parte do mundo

Não são meus irmãos


Só os negros oprimidos

Escravizados

Em luta por liberdade

São meus irmãos


Para estes tenho um poema

Grande como o Nilo


Veja este link:  http://www.quilombhoje.com.br/solano/solanotrindade.htm



(*) Não tem nada a ver com cólon. São os colonistas do PiG que combateram na milícia para derrubar o presidente Lula e, depois, a presidenta Dilma. E assim se comportarão sempre que um presidente no Brasil, no mundo e na Galáxia tiver origem no trabalho e, não, no capital. O Mino Carta  costuma dizer que o Brasil é o único lugar do mundo em que jornalista chama patrão de colega. É esse  pessoal aí.

Comentários

  • Helder

    “Só os negros oprimidos
    Escravizados
    Em luta por liberdade
    São meus irmãos

    Para estes tenho um poema
    Grande como o Nilo”

    Axé!

  • Jean Pierre

    Muito bom companheiro

  • COSTA

    E triste quando a gente vê em órgão públicos, sendo deixado de lado, de onde que deveria vir exemplos bons, alguns não os fazem, são obrigados a prejudicar amigos para poder subir de cargos ou ate mesmo para continuar no trabalho, para satisfaz o senhor das senzalas, que costumam dizer que nos tem que obedecer a hierarquia, eles realmente se consideram acima da justiça e da ética, são pagos por nos e tratam a gente como empregado deles e não do povo como servidor público.

  • Eugênio

    Pois é, e o mesmo eu digo aos que se dizem “índios”, “silvícolas”…

    Antes de TUDO é preciso ser braSileiro é preciso ser cidadão. Silvícola é silvícola. ÍNDIO que passa férias em MIAMI…

  • São Leopoldo

    O poema de Solano com certesa é condenado pelo PIG. O PIG não gosta de negro.

  • Plínio

    http://static4.orkut.com/img/castro/i_play.gif

    Taí mais um pouco do brilhante Solano Trindade !

  • PHA,
    Solano Trindade era chamado ‘O Poeta do Povo’. Tive a honra de conhecer e até escrever artigos sobre este grande brasileiro. Sua filha, Raquel Trindade dá continuidade a seu belo legado, no Teatro Popular Solano Trindade, em Embu das Artes.
    Quanto ao Eraldo… o poema diz tudo.
    Att
    Márcio Amêndola

  • Boa tarde PHA e internautas conscientes. Juntando a esse post gostaria de mostrar um video caseiro que prodizimos aqui na periferia do Jardim Peri-zona norte da capital paulista.

    Trata-se de um dos primeiros artistas e amigo de Solano Trindade e Raquel (filha) que expuseram artes no Embu das artes, final da década de 60. Falo de João Cândido da Silva, negro, alto, pintor escultor em madeira, couro, osso, desenhista, modelador de papel marchê, entre outras habilidades artisticas. É mais um artista Naif ( sem formação acadêmica) que luta para sobreviver com a sua arte natural…….

    Veja o vídeo
    http://www.youtube.com/watch?v=1dueZCf-dDg

  • 'Lenir Vicente

    Bem lembrado o grande poeta Solano.Parabéns,Paulinho.Vale a menção ao Memórias Póstumas de Bras Cubas.O trecho refere-se ao episódio 68- O Vergalho : …Eu, em criança, montava-o, punha-lhe um freio na boca e desancanva-o sem compaixão;ele gemia e sofria.Agora,porém, que era livre, dispunha de si mesmo, dos braços, das pernas, podia trabalhar, folgar, dormir, desagrilhoado da antiga condição, agora é que ele se desbancava:comprou um escravo e ia-lhe pagando, com alto juro, as quantias que de mim recebera.Vejam as sutilezas do maroto!”Vejam as sutilezas da vida!

  • Laurindo

    Cheguei e passei dos 70 c/ alegria natural e agradecido. Sinto apenas que não assistirei a fatos e situações que, com certeza, acontecerão, como o dia em que Heraldo será descartado como um pedaço de papel qualquer, porque seus chefes já terão rabiscado nele algumas ideias passageiras e ele, então, já não terá mais nenhuma utilidade p/ a empresa. Talvez, nesse dia, ele venha a valiar se houve algum saldo, além do material.

  • Paulo

    Mais um de Solano

    Lincharam um homem
    Entre os arranha-céus
    (li no jornal)
    Procurei o crime do homem
    O crime não estava no homem
    Estava na cor da sua epiderme

  • simonebh

    Realmente, este é um grande poema!
    PH, fico cada dia mais curiosa para ouvir o próprio Heraldo Pereira sobre esse tema. Será que ele tem opinião própria?
    Abraços.

  • Juce

    a coisa toda é tão mais complexa,
    lembrei daquela passagem de Memórias Póstumas, o Brás Cubas encontra o negrinho que ele torturava na infância batendo num escravo que comprou, não me lembro bem a conclusão, mas é algo como passar ao outro o “bem” que o Brás cubas tinha feito ao negro. Detalhe é que o negro ex escravo mostra reverência ao Brás Cubas e para e bater em seu escravo.

  • Bley

    “Trem sujo…
    Correndo, correndo
    Parece dizer
    Tem gente com fome
    Tem gente com fome
    Quem dá de comer?”

    Outra grande passagem da obra de Solano Trindade. Grande PHA, muito oportuna a lembrança deste Grande brasileiro!

  • isaiasiack

    Um lindo poema.

  • Sérgio José de Andrade

    Belo, profundo e contudente….PHA, estes dois poemas sintetizam sua luta pela igualdade de direitos.

  • Márcia Martins

    Dueral, Dueral… Ô Dueral…

  • sandra

    é pura inveja da sua audiencia PHA, continue firme! Estamos com você, apoiamos a sua causa e aqui nos libertamos da opressão midiática.

  • Jairo

    Bom dia PH,Show!

Deixe seu comentário

"O Conversa Afiada não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas ou que excedam 15 linhas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Conversa Afiada."

  •