Sexta-feira, 18 de Abril de 2014

Publicado em 15/11/2010

Xenofobia, homofobia. Até onde vai a intolerância ?

A melhor maneira de aprender a odiar o “diferente” é estudar em escolas em que só há “iguais”

 

Ontem em São Paulo: intolerância se aprende na escola

 

Saiu no Agora (único jornal de São Paulo que presta), pág. A-6.

Jovens espancam quatro em ataques na Avenida Paulista.

Polícia apura homofobia em três ataques cometidos por cinco jovens de classe média.

Os “atacantes” moram com os pais em bairros de classe média e classe média alta e estudam em colégios particulares.

Eles deram socos e usaram lâmpadas fluorescentes.

Um dos “atacados” é homossexual.

Uma das vítimas disse na delegacia que enquanto batiam, os jovens gritavam “bicha, você é v… está com o namorado ?”.

Os “atacados” vinham ou iam para o trabalho.

O ataque foi às 3h da manhã de ontem.

Navalha

Segundo o Agora (único jornal que presta em São Paulo), este é o terceiro caso de intolerância em São Paulo de outubro para cá.

A intolerância vai por degraus.

A ordem dos degraus não altera a intensidade da intolerância.

Cabem nela os homossexuais, os pobres, os nordestinos, os que defendem o aborto, os judeus, os muçulmanos – os diferentes.

A melhor maneira de aprender a odiar o “diferente” é estudar em escolas em que só há “iguais”.

É assim que terminam políticas para desconstruir a escola pública em benefício da escola particular: em intolerância, a fase inicial do racismo.

A nova onda de intolerância começou no segundo turno desta eleição, quando o candidato José Serra e seus brucutus na internet trouxeram para a sala de jantar o vaso sanitário da patologia social brasileira.

Clique aqui para ler sobre como Serra criou a Direita Cristã no Brasil.

Serra montou no dragão da maldade.

Não ganhou a eleição.

Mas vai tentar ganhar de novo.

Só tem um problema.

O dragão da maldade é ingovernável.

Pode derrubar o cavaleiro (de novo).

Clique aqui para ler sobre a entrevista do professor Durval Albuquerque Jr. A respeito do preconceito contra o nordestino.

Paulo Henrique Amorim

 


Comentários

  • Marcos Nikolai Nadezhda

    DIVULGUEM !!!!!!

    PHA x PIG Azedo

    Pessoal, vamos continuar votando no PHA E LULA todos os dias, pode-se dar 1 VOTO A CADA UMA HORA de
    intervalo.
    Coloquem esse link em SEUS FAVORITOS, ou nas PÁGINAS INICIAIS.
    http://www.whopopular.com/Paulo-Amorim Votem no PHA

    http://www.whopopular.com/Lula-da-Silva Votem no Lula

  • André Sobrinho

    Será que a família de classe média dos agressores tá no grupo que defende a redução da maioridade penal? uhmm, gostariam de vê-la aplicada aos seus belos filhinhos?

  • Se fosse o contrario estariam no pau de arara e desceriam para o Cadeião Público faz tempo.

    • Ana Cecília

      Estes jovens agressores não são nem pobres nem representam casos isolados; fazem parte da massa, mas como diz a “jornalista” Eliane Catanhede, “uma massa cheirosa” !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • galera falemos a verdade se fosse um pobre agredindo os caras iam estar sofrendo no pau de arara até agora na delegacia, mas como tem muito disso $$$$$ sairam como vitimas , vcs viram a mae de um deles ai eles são meninos estão sofrendo lá dentro , só tenho certeza de uma coisa o dinheiro não dá educação ela vem de berço ou vc tem ou não tem né ??

  • é o Legado que o PSDB deixou, a campanha deles desse ano primou por intolerancia religiosa, xenofobismo, racismo separatismo e homofobia, queria colocar na cadeia mulheres que abortam e por fim, instituiram ate o preconceito contra a mulher
    Acho bom, que olhamos em nossa casa para ver como estamos instruindo nossos filhos.

    Eu por exemplo, aprendi com o Didi, que cearense é cabeça chata e tem sotaque engraçado, que o Dedé é afeminado, e sem contar os milhares de apelidos que o Mussum ganhou durante a carreira,,, era inocente? em termos, eramos ignorantes, mas foi assim que crescemos, tenho uma familia que me educou contra o preconceito, entao, teremos que fazer o mesmo

  • Getúlio

    É sr. internauta Walmir, por fora são todos limpinhos, arrumadinhos e cheirosinhos, mas por dentro, são verdadeiras feras, cujos venenos se espumam e latejam loucos para abater a primeira vítima.

  • Walmir

    É preconceito de todo tipo e natureza e latente. Este seria o governo que o Serrojas iria implantar neste país. Facismo, neonazismo, preconceito de raça, cor e deficientes físicos. Quem sabe e talvez, eles não implantariam neste país a nova raça ARIANA?

  • Walmir

    Em defesa dos acovardados e injustiçados brasileiros, surge pela internet do Brasil, o mais novo e justiceiro CAVALEIRO NEGRO. Quem será ele, que aguça até os mais recônditos interesses internacionais?

  • PHA, e teus filhos, estudaram em escolas públicas ou privadas?

    Eu sou defensor da escola pública e acredito que diminuíremos a fissura social brasileira qd os filhos dos ricos e pobres estudarem na mesma escola.

    Mas minha 1a filha ainda não consegui colocá-la na pública.

    Abraços

    Thiago

  • Marcello Mantovanni

    Como escrevi em outro “blogs sujos”: não se trata de xenofobia, mas sim de endofobia, aversão aos compatriotas de outras estados.No Brasil é raro o fenômeno da xenofobia, tirante alguns espasmos futebolísticos (com a Argentina, que a TV Globo criou) há na verdade uma espécie de xenofilia (o serra só serviu pra isso, criar-se “novos” neologismos), ou seja gosto por tudo que é estrangeiro, principalmente se for americano o europeu, o complexo de vira lata ainda existe, mais forte nas “nossas elites” (?) que querem transformar o Brasil a todo custo em um “México do Sul”.
    p.s. outra questão que passa ao largo, a do racismo, relativo aos negros…. metade da população ainda é tratada como invisível tá na hora corta essa gangrena….

  • Isaías Bocão

    Esses filhinhos de papai querem dar uma de punk, pra mostrar que são machos e que não são diferentes dos punks… São os mesmos que atacam os nordestinos, negros e outras “minorias”.
    Quando é que vai ter gente que prenda estes caras? A impunidade reina, como aconteceu com o caso do filho do diretor da RBS e de seus amigos que fizeram o que fizeram com a coleguinha.
    Ontem, depois daqueles ataques contra moradores de rua em Maceió, Fortaleza, a cidade onde mais se imita o que a mídia projeta, cidade sem qualquer identidade cultural, apresentou um playboy, dono de bar na Praia de Iracema, que andava distribuindo chumbinho nos moradores de rua. Atingiu um no olho, e foi pego. Mas botou um empregado dele pra pagar o pato, uns três meses de cana. Depois, dá umas canas pra ele na cadeia e pronto. Foi feita justiça.

  • Angelina

    Pior foi a mãe de um deles, em entrevista pra Globo: “mas meu filhinho não aprendeu essas coisas em casa. Ele foi criado com carinho, afeto”

    AVÁ!

  • João

    Tem que colocar esses playboyzinhos na cadeia pra eles aprenderem o que é bom. Aí eles vão ver quem é o machão. rsrsrs

  • Mendes Afro

    PHA devemos ter todo o cuidado com a PAZ, pois o ÓDIO quando acesso é incontrolável e a história nos mostra isso.

  • Carlos Soares

    PHA

    Vou continuar a ler o seu blog, mas fico triste pq meus comentários nunca são publicados. nesta matéria coloquei um comentário da maior relevancia sobre preconceito e discriminação e não foi postado. quem faz a moderação aí tb deve ser um discriminador de deficientes físicos.

  • edmilson

    Pergunta que não quer calar.

    Em pleno feriado,, justiça trabalha para soltar 5 agressores fraldinhas e bombons, com 5 advi..

    Tem um rapaz acusado de roubo que esta preso a mais de um mes e segundo testemunhas, ele não participou do roubo.

    Entendi.. ele é pobre

  • Maísa Paranhos

    “O que fazer?” Perguntaria o “camarada”…
    Intervenção severíssima do Estado. Não podemos, não devemos permitir a impunidade desses crimes. Caso contrário, virará moda.
    Triste herança da campanha de Serra.Poderia ir para a caverna do ostracismo sem mais esta perigosa mácula em seu currículum vitae.

  • samuel junior

    Onde está a manifestação da CNBB? E dos “pastores” de plantão em defesa da moral? Se os agressores fossem pobres teriam suas fotos divulgadas na TV, seriam tema de debates em programas sensacionalistas e agora estariam na Fundação CASA, mas como tem bons advogados e pais que consideraram a agressão como uma “simples briga de colegiais” estão de volta para cometerem os mesmos atos.Estes “meninos mimados” precisam aprender a conviver com a diversidade e ser toleramtes. Afinal o que se ensina nas “boas escolas” onde estudam?

  • Claudio

    Entender o que Gera a Homofobia e o Preconceito contra os Nordestinos, Negros e outros varios tipos de preconceito é dificil. Eu li uma Matéria Muito interessante (segue Link – http://migre.me/2fuMo) que relata com clareza o caso de homofobia em SP. E cheguei a conclusão de que Infelizmente é praticamente impossível reprimir isso no Brasil, ha não ser que acham punições efetivas.

  • Liz Lee

    E ai quando chega a “Passeata do Orgulho Gay” os governos de São Paulo se mostram “abertos” para os diferentes. Lógico, meu caro PHA, a arrecadação que a cidade ganha não é pequena, vem gente de todo Brasil, principalmente do Nordeste, deixando seus milhares de reais para os “sem preconceitos” de São Paulo.

  • Luiz

    São todos COVARDES, só fazem isto em bando, BABACAS.

  • Beth

    Pior de tudo é ouvir dos familiares que eles são apenas crianças e que estão chorando.Até quando vamos ter que ouvir pais abonarem faltas dos seus filhos?

  • Rita

    PHA, imagine se o serrojas tivesse ganho a eleição?? Esses ataques iriam se estender pelo Brasil, pois o pensamento dele é igual oa desses monstros que atacaram os trabalhadores. Meu Deus!! Como é que alguém pode ser a favor disso?? E esses “mauricinhos de m…” vão ficar impunes?? Cada vez mais apóio que são paulo se desligue do resto do Brasil, pois eles só sabem destilar ódio e preconceito (respeitando a parcela dos paulistas que não apoiam esse tipo de ataque).

  • Panambi

    SC também tem o seu “COISO”. Simplesmente vergonhoso que uma Rede de Televisão – Concessão Pública – permita que este “COISO” ou esta “COISA” emita opiniões desta natureza.
    http://mediacenter.clicrbs.com.br/templates/player.aspx?uf=1&contentID=149749&channel=47
    A RBS deveria ser denunciada nacional e internacionalmente!

  • Beto Filho

    O mal disseminado no submundo da política nesta última campanha eleitoral, está se alastrando de forma ssustadora. De repente, sentimentos nefastos guardados no íntimo de individuos de alma doentia, encontraram respaldo no discurso do candidato apoiado pela mídia golpista. Esta é a herança maldita deixada pelo sujeito da bolinha de bolinha de papel, que desprovido de carater, não pensou duas vezes em partir para a baixaria no seu desejo doentio de poder.
    Que os seus eleitores, com um mínimo de juizo e bom senso percebam o quanto é perigoso votar por impulso.
    A intolerância virou palavra de moda, no País das diversidades. O nazismo e o fascismo juntinhos, fazendo delirar estes ignorantes que se dizem preparados.
    A pergunta é: Preparados prá quê?

  • roberto

    Acredito que estes fatos se repetem exclusivamente por conta da impunidade e da distorçao dos fatos. Acabei de ler em um portal, que um dos defensores dessa escoria de agressores se refereiu ao fato como se os agredidos, literalmente, tivessem dado em cima dos agressores- a agressao teria sido fruto de paquera dos agredidos. Convenhamos, esses vagabundos desocupados, criados e sustentados por pais de valores duvidosos, deveriam permanecer presos ate o devido esclarecimento dos fatos, e nao soltos pura e simplesmente, entornando o caldo sobre as vitimas!

  • Romanelli

    ..é bom dar uma olhadinha nos mentores desta garotada

    ..quem sabe os encontremos junto aos MERCENÁRIOS DE CRISTO ..estes que insistem em arrecadar pelo Homem (para o homem), e falar por Ele também

  • Mauro Silva

    Caro PHA
    Concordo totalmente: troxeram para a sala de jantar a privada que usam como prato.
    A característica básica desses vagabundos é a covardia: atacam em bando.
    Os cidadãos, temos de agir com rigor quando testemunharmos casos desses.
    O racismo é câncer malígno e, como tal, ele deve ser extirpado, não importa o quanto de sangue se perca.

  • marcelle

    O Bicho pegando e o CAF descansando…Não tem uma voz que fale duro contra a decisão da chamada Justiça que liberta mauricinhos delinqüentes. Existe internet movil para administrar o blog a distancia e autorizar os post, ou pode contratar um Estagiariozinho qua pode fazer esse meio de campo enquanto se descansa a vontade…minha opinião com a minha visão )

  • José Carlos

    Para as Mayara e estes mauricinhos de meia-tijela só há uma saída: cadeia neles, ver o sol nascer quadrado sim. Muitos deles são filhotes deste judiciário podre que se espraia pelo país. O país só mudará, com a mudança neste terceiro poder, o judiciário, bastante corrompido e cheio de vermes como os Gilmar Dantas e o Nelson Jobim, que assolam nosso país.

  • Adilson

    PHA,

    É um absurdo a leniência e omissão tanto da polícia de São Paulo quanto do Ministério Público, pois ambos deram o caso como simples lesão corporal. Não pago meus impostos para a polícia e o MP fazer pouco caso com o sofrimento alheio.
    No caso em tela várias testemunhas disseram que o jovem da foto foi agredido por sua opção sexual, ademais tem a matéria do Jornal da Record que também disse o mesmo. Já sei, matéria do Jornal da Record que tem muito mais credibilidade do que o Jornal da Globomente não vale, só vale as putridas reportagens da revista Veja e assemelhados, que acusam sem provar nada (vide o grampo no Gabinete do STF).
    Como uma certa Ordem de São Paulo virou piada, o caso deve ser levado ao Ministério Público Federal, pois se ficar por conta das autoridades locais o crime de homofobia ficará impune. Detalhe: se o caso fosse levado a sério, os jovens agressores teriam a suas condutas tipificada no art. 149, que dá oito anos de reclusão e a pena é aumentada da metade, ou seja, subiria para 12 anos, pois o caso em tele foi puro preconceito sexual.
    PS: A podre massa cheirosa da Eliane parece que resolveu sair às ruas.

  • Renato medeiros

    pha, nessa eleição descobri algo muito forte que jamais imaginei que ouvesse dentro de mim, pois, quando este facista chamado serra baixou todos os niveis da campanha e assim tentava de todas as formas aterrorizar as pessoas ,desqualificar a sua adversária só para ter o poder, ai sim eu compreendi que diante de tal adversidade criada pelo jogo sujo que você não sabe se defender surgem da profundeza da sua mente “coisas muito perigosas” que depois nem freud explica.

  • Angela

    Serra, a imprensa(pig) e turma do Indio da Costa.Não é à toa os caras pintadas e vestidos de verde e amarelo protestanto contra o ENEM; Vale a intolerância, o preconceito homofóbico, de classe, cor,da liberdade d epensamento e de consciência. A velha inquisição ressurge, como também vale insuflar ondas de protestos através da juventude cristã, dos adptos da “opus dei” e da ala jovemdos partidos que perderem a disputa eleitoral.Sem esquecer da ênfase dos velhos meios de comunicação, aos ritos da velha igreja católica, vide Aparecida que virou notícia. Viva Elizabeth!

  • Christian José

    Sou paulista e já sofri preconceito por ser gordo, por ser alto, por não ser loiro e por ser pobre. Elite é elite, seja do nordeste, seja do sudeste, seja do sul,etc. Os moços e moças bem nascidos, que hoje integram manifestos racistas/fascistas em algumas mídias, estarão em algunas anos integrando as assembléias legislativas, as câmaras municipais, a câmara federal e o senado. Lembro ainda (já faz alguns anos) de um certo advogado (pasmem) nordestino pregando no programa do Jô que mulheres ,que se utilizassem de maternidades públicas, fossem “automaticamente esterilizadas” após terem o segundo filho pois assim teríamos menos bandidos no Brasil(!) Parece que a elite ainda vive na época da “Constituição da mandioca” e da escravidão, onde ter valia mais do que ser…

  • Pablo

    PHA parabens,Tudo isso passa pela escola, pela educação, os insanos formam a gioventude desde a infancia, no principio que são os únicos e melhores, e esses retardados agressores ainda não escutaram a voz do convivio em grupo, em sociedade, eles não assistem nem Discovery Channel , onde os bichos dão aula de convivencia pacífica e ordera, pode-se ate temerariamente
    dizer, que eles não tem culpa, pela lavagem cerebral a que são submetidos, e sim pelo nefasto ato de agressão a outros cidadãos com seus plenos direitos que a constituição lhes confere. muito triste, ver como a educação paulista está a vera dum ataque de nervos.

  • Edson Reis

    Como bem lembraram, se fossem pobres seriam chamados de “menores infratores” e os pais da zelite apareceriam clamando por justiça e punições, nunca dizendo que foi apenas uma briga de rua.

    Agora que estão livres, pois não acredito que acontecerá mais nada com eles, a punição que as famílias lhes darão será alguma viagem de intercâmbio.

  • Esta classe média q esta aterrorizando em SP é protegida?
    por quem? Pelo $? Por q é da elite? É a classe cheirosa? Tem q ir todos pra cadeia!!! Siiiiiiiiiiiiiiimmmm.

  • Edson Reis

    Fico imaginando como é a criação destes “jovens”. O que eles escutam e conversam quando estão entre suas famílias e amigos. Seus iguais.

    Aqui em SP-SP é sempre assim. Os ricos cheirosos são incapazes de cometer maldades ou erros. Mas basta ir nas escolas da zelite paulistana para verificar o grande consumo de drogas e álcool destes “jovens”.

  • roberto mendonça

    OI PHA.
    Permita-me repetir uma notícia divulgada pelo jornal nacional de hoje à noite:
    “Os estados unidos da américa, depois da 2ª guerra, abrigou vários nazistas fugidos da alemanha, tendo inclusive arranjado empregos pra eles, inclusive o famigerado josef mengele.”

    O que será que israel acha disso ?

    KKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Abs
    Roberto

  • Marta

    PHA, agora você vai demonizar crianças e adolescentes paulistas que estudam em escolas particulares?
    Vai investir na criação de um estereótipo baseado na insanidade dessa meia duzia de desajustados?
    Até onde você vai chegar?

  • O JUIZ

    Serra conseguiu.
    Ele é um Jênio !

  • paulo

    Se depender da Folha, esses atos terão todo o respaldo. Só nessa semana foram dois artigos a favor do preconceito.

  • José Carlos Vaz

    Publiquei uma pequena reflexão sobre a escola pública como instrumento para reduzir a discriminação e a intolerância, por conta do racismo contra nordestinos. Vale para outras formas de discriminação.

    http://vaz.blog.br/blog/?p=772

  • Luiz Henrique

    PHA, vc diz na volta do jenio nas proximas eleições, mas creio que depois dos ataques contra os nordestinos vai ser difícil, mas pera lá, sobrou uma boquinha no lugar do Tiririca na TV!

    hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah…..há

  • Célia

    Eu estou preocupada com os pobres dos caiçaras do litoral norte de SP (eleitores de Dilma), onde os psicopatas da elite paulistana tem mansões lá. Esses sim serão a bola da vez. Dezembro e janeiro já estão chegando e esses doentes estarão lá!!

    Só para constar: Em Sao Sebastião, Dilma ganhou

  • Sueli Gutierrez

    Esqueceram-se de falar também sobre a misoginia, o ódio pelas mulheres, os covardes metidos a macho que batem em suasmulheres.

  • Antonio Sotero de Gois

    Dr. Ophir (presidente da OAB), estamos esperando seu pronunciamento condenando o ataque preconceituosos cometidos por jovem da classe alta de São Paulo. Se fosse assunto contra o governo LULA, tenho certeza que no outro dia cedinho voce estava na porta da GLOBO para dar entevista condenando o governo LULA. Dr. Ophir tire essa máscara.

  • pap

    No Brasil, dá a impressão que se não faz parte do sistema pig
    de vida, então voce tá de lado!

  • Paulo Sousa

    A atitude desses criminosos me revolta. Decerto que são da mesma estirpe dos que queimam mendigos, socam empregadas e pedem favores homicidas para a melhoria de SP. Como sempre dá em nada.

    Contudo, não sei qual atitude é mais desprezível. Será a dos agressores ou dos pais que explicitam o tipo de educação que deram e reforçam ao querer justificar e até mesmo (PASMEM!) inverter a culpa do crime.

    Tenho medo dessa gente.
    Abçs,

  • Milton Quadros

    Começam assim. Breve estarão jogando os filhos pela janela e os pais contratando os “peritos” para “provar” que são inocentes.

  • Graça

    Esses preconceitos, desses sudestinos paulistas, beira a loucura.

  • marly

    Tenho certeza que a o tempo vai passar e estes cinco “marginais classe média” vão sair do armário. O ódio deles é que não podem ou não querem admitir o que está escondido no subconsciente. Este é o motivo de tanto ódio. Esta é a campanha que teremos de fazer: “se não existe respeito pelo diferente, a ponto de ter de agredir fisicamente, é porque o sujeito é enrustido e não se aceita.” Quem sabe assim, não sintam vergonha de se expor?

  • Marcos AC Lopes

    Os bandidinhos fascistóides já foram soltos. Os pais contrataram logo advogados e, no final das contas, sobrou para as vítmas: foram os agredidos que assediaram “os lindinhos”, que os agrediram (eles só se defenderam) e, no caso do lavador, foi simplesmente mentira dele.É triste, mas é verdade.Segundo os pais, são todos uns “anjinhos”. Que vergonha: esses pais é que deviam ser presos e responsabilizados pela cria deles, já que não souberam educá-los e os deixam soltos na madrugada, quando deveriam estar tomando todinho nos braços da mamãe. Que vergonha essa justiça brasileira. Se esses marginais tivessem pais que os educassem para a tolerância, para o respeito aos mais desfavorecidos, aos mais velhos, das duas uma: isso nunca aconteceria ou se acontecesse os primeiros a exigir punição seriam os pais. No fundo, se são assim e se agem dessa forma, é que os pais são piores do que eles.

  • Guilhermina

    A intolerância começa dentro de casa e ganha as ruas. Depois da última campanha eleitoral, ainda com mais força. Preconceito é preconceito, discriminação é discriminação, crime é crime… seja ele qual for.

  • Mariom

    Sobre o Video do Prates! Não sei como este cidadão fica por Florianópolis apenas na RBS-SC com tanto “talento” ao Facismo!
    Não sei como o PIG não o Contrata para ser o Comentarista OFICIAL da Oia, ESTAdinho, Falha de SP, e dos Telejornais do PIG! da Dadio q toa Noticia, etc etc! Tanto “talento” assim não pode ficar apenas para os “ouvidos” do povo Catarinense!
    http://mediacenter.clicrbs.com.br/templates/player.aspx?uf=1&contentID=149749&channel=47

  • Ricardo

    PHA, segue link para uma música que deveria ser apreciada por todos os brasileiros, quem sabe esses xenofobia tenha fim. DO BRASIL de Vander Lee é uma obra prima e estrofes como “Amar o Brasil sem louvar o sertão, é dar o tiro no escuro, errar no futuro da nossa nação” e “Esse gigante em movimento movido a tijolo e cimento precisa de arroz com feijão, que tenha comida na mesa, que agradeça sempre a grandeza de cada pedaço de pão” é um pouco do que Lula vem fazendo por nosso país !
    Ricardo
    http://www.youtube.com/watch?v=NA1bAvpbPf0

  • Dionísio

    Os burguesinhos foram soltos . cadê a indignação seletiva da maioridade penal no pig ?!

  • Paulo

    O sr. poderia tecer alguma comentário sobre o extermínio de moradores de rua que está acontecendo no NE?

  • Luis Rabello

    E, oportunamente, nos vem a valiosíssima contribuição do papa para os recentes casos de homofobia no Brasil: http://www1.folha.uol.com.br/poder/830908-papa-pede-a-bispos-do-brasil-que-defendam-vida-e-uniao-heterossexual.shtml

  • Roberto Ávila

    Queira deus que esse homem nunca mais volte à cena política brasileira. Aqui em Recife esperamos o Serra para lhe presentear com muitos “por que não te calas”. Essa é a nossa maneira pacífica de mostrar a ele nosso descontentamento com a transformação que ele causou no Brasil e em algumas pessoas de São Paulo.
    http://www.vanraz.wordpress.com

  • Julio

    No blog do Sakamoto temos uma clara ideia de como a elite deste país ainda vive no século passado, e como a grande mídia trata os seus asseclas.
    http://blogdosakamoto.uol.com.br/2010/11/15/na-paulista-com-uma-lampada-fluorescente/

  • FAFerreira

    A Soninha é uma das criadoras desses racistas xenofóbicos políticos?

  • Leila Farkas

    http://www.youtube.com/watch?v=xkCvgtH2lgI&NR=1
    Vendo este vídeo começamos a entender como é que essas aberrações começam.
    Excelente interpretação de Iara Jamra.

  • Inna

    Os “pobres rapazes” que por um “mal entendido” agrediram “rapazes pobres” em três locais distintos, já estão soltos, por “competência” da nossa “justiça”.
    Se fosse o contràrio “rapazes pobres” agredindo “pobres rapazes”, a coisa seria, com certeza, muito diferente.
    Com esse poder judiciário que temos, a coisa tende a piorar e muito.

  • Lampião

    A Justiça e o MP de SP estão mapeados pelos pelegos do PSDB? Se for, só pode dar nisso ai. A patota do PSDB pode fincar raízes nos Bandeirantes, e de lá ditar as regras que lhes convir.

  • marcelle

    Meu caro PHA, essa ai esta dura de engulir e esta entalada na minha garganta. Esses pulhas maurucinhos, filinhos do papai que tenho plena convicção que votarom no capeta, estão LIVRES meu caro, como isso pode, que justiça estamos vivendo, como pode um advogado de pulhas, que deve ser especialista em tirar pulhas, malandros e marginais da cadeia e levanta uma grana preta por isso, fazer o impossível apara conseguir a soltura desses marginais e CONSEGUE assim de fácil, CONSEGUE.
    Onde esta a mágica disso e vejo a imprensa passando vaselina como se a atrocidade foi um ato de jovens imaturos. Vai ser assim imaturos na casa do Ze Chirico meu deus…Onde esta o Poder Publico, onde as organizações de Defesa dos DDHH, estão de ferias o descansando no feriadão. Esses caras são delinquentes, marginais com dinheiro e devem ter um castigo exemplar. Aqui em SP estamos cansados de ver filinhos do papai, mauricinhos cometer atos de vandalismo e violência e a justiça fechar os olhos. Gostaria de ver um advogado macho, com coragem para tomar esse caso e defende lo ate as ultimas conseqüências.

  • Elis

    PHA,

    A justiça acabou de soltar os agressores porque entendeu que não foi crime de homofobia, que os “estudantes” reagiram porque foram paquerados. Que coisa mais triste isso. É vergonhoso.

  • Maks

    Se os criminosos fossem da periferia, com certeza ficariam internados e seriam condenados! Mas como não são… vamos ficar de olho na sentença do juiz… Espero que o ditato popular não se confirme: “A justiça foi feita para punir ppp”

  • Arnaldo

    Pelo que eu entendi isso só acontece em São Paulo? São Paulo é realmente muito violenta, quem me dera morrar no Rio de Janeiro, assim teria tranquilidade.

  • maria do ceará

    Os neo-nazistas e mauricinhos paulistas sabem o que é ser gente? sabem que, no fundo, somos todos diferentes uns dos outros? ontem, no jornal, veio a mãe de um deles, espantada e indignada com o comportamento do filho. É estarrecedor!

  • Lukas

    Um caso grave de violência e intolerância como este acontece no centro financeiro de São Paulo e o UOL (do grupo Folha) dá destaque a um protestinho contra o ENEM.
    Nunca o Brasil precisou tanto de uma Ley de Medios e a hora de fazê-la é agora. A mídia não representa o povo, mostra o que interessa, omite o que não interessa, enquanto hipocritamente se diz “imparcial”.

  • maria do ceará

    PHA, fico me perguntando se a classe A brasileira, essa mesma que viaja para Paris e volta encantada com a cidade-luz, sabe que lá existe igualdade de classe desde a escola? o critério é geográfico: as cianças são dirigidas ás escolas mais próximas da sua residencia, sem distinção de raça, ou de classe social. Estudam juntos os filhos de pais ricos e pobres e não se tem noticia de conflitos por causa disso. Isso é que é aprendizado para a vida!

  • Alexandre

    Este caso deve ser acompanhado com atenção… Este tipo de violência tende a crescer, já que o gatilho da intolerância foi apertado no segundo turno das eleições… Os “filhotes de fascistas” já foram liberados… Devemos lutar contra a impunidade e lutar para que a homofobia, a xenofobia e coisas do gênero sejam criminalizadas.

  • Jota Ricardo

    PH,o problema hoje são os ”piás de condomínio de luxo”,versão turbinada dos piás de prédio do Requião. Na minha época,desde cedo,a gente acostumava a conviver com todo tipo de pessoas,jogando pelada na praia. talvez,em sampa,este mal seja mais forte,mas o mundo se torna um só cada vez mais rápido,e as pessoas pensam(que pensam)igual. a propósito,pra quem não sabe,paulo henrique amorim já foi ator,e trabalhou no filme do(ex?)Cacá Diegues ”5x favela”,onde fazia o filho do dono do morro. Era só um personagem,mas tinha pinta de eleitor tucano. he,he,he…

  • Salvem a professorinha!

    A hipocrisia é tão grande que a Erenice virou um grande fato da eleição, o Watergate tupiniquim, o que, de fato, fora. Porém, ela é mais uma mãe “zelosa” com sua prole, assim como essas progenitoras cidadãs de bens, para quem seus filhinhos não comentem crimes, mas “bobagens de jovens”.

  • Paulim Brandão

    E a mãe de um dos agressores tentou justificar na TV que eles talvez tenham só se defendido, por “se sentirem ofendidos moralmente”. Tá certo que mãe é mãe, mas essa senhora deveria era pedir perdão pelo comportamento abjeto do ser que ela gerou e está (des)educando.

  • Antonio Edemberg

    Foram soltos, o que já era esperado!

    “A Justiça entendeu que foi uma briga de rua e que os jovens não representariam perigo a nenhuma minoria se fossem soltos”

    Na verdade a Justiça entendeu que filhos de ricos não podem ser condenados, são apenas um “Grupo de Jovens” como saiu nas manchetes dos jornalecos.

    Vergonha, a Justiça no Brasil está cada dia mais podre.

    Delegado prende bandido e mais tarde o delegado que é condenado, jovens de classe média alta espancam, praticam violência gratuita e não representam perigo a sociedade.

    Vergonha.

  • francisco

    convido esses mauricinhos covardes a me enfrentarem num ringue. Desde ja digo que os diferentes tem de reagir, bater de volta nesses mauricinhos grã-finos.

  • > “Cabem nela os homossexuais, os pobres, os nordestinos, os que defendem o aborto, os judeus, os muçulmanos – os diferentes.”

    PHA, por favor, não esqueça dos ateus. Os ateus são vítimas de muito preconceito também por parte de religiosos fanatizados. José Luiz Datena, Frei Betto e o próprio JOSÉ SERRA que o digam.

  • Annita Clayton

    No mês passado, dois adolescentes pobres de São Paulo foram acusados pelo furto de um celular. O furto teria acontecido na escola pública em que estudam. Nada foi encontrado com eles nem há provas de que tenham sido os autores do crime.
    Mesmo assim, um juiz (em 10 minutos de audiência) os enviou para a Fundação Casa.
    Os 4 menores de classe média presos em flagrante por espancamento e homofobia na Av. Paulista acabam de ser liberados pela justiça (em minúsculo mesmo).

    http://noticias.r7.com/videos/celular-desaparece-em-escola-e-dois-adolescentes-sao-detidos-em-sp/idmedia/ec3c9b20ef67709a7940d8d266b604b7-1.html

  • Christiane

    Mais escolas publicas, ok! Mas o problema é justamente que em SP essa instituiçao nao existe mais desde as politicas do PSDB que pouco a pouco tiram as verbas destinadas à esse fim para ganhar e ajudar outros como a Daslu, a Globo.
    Para mim, se Sao Paulo pedir separaçao seria otimo, deixariamos essa elite odiosa confinada com ela mesma, eles se entenderiam e com seu governo tucano quase impossivel de tirar do Palacio dos Bandeirantes. SP cresce 2% ao ano enquanto o resto do pais, cresce à taxas chinesas…

    • Armando

      Escolas Públicas em são Paulo foram totalmente destruídas e devastadas pelos 16 anos da Dinistia Francesa, me parece uma lógica para que tudo passe para as mãos” terceirizadas” dos muy amigos franceses.
      Sucateiam, tiram todos os investimentos para depois PRIVATIZA-LAS, essa é a tática francesa.
      Só que pelo andar da carruagem isso que estão fazendo voltará conta eles próprios.
      è só questão de tempo

    • Christiane, se acontecer da separação de São Paulo e Nordeste, espero que meus irmãos nordestinos me recebam, pois aqui não fico. Não quero ficar no meio de demônios.

    • Paulo

      Prezado Paulo Henrique:
      Na sua lista de pessoas que sofrem intolerância inclua os ciganos e ciganas, povo sem terra e sem fronteiras, povo livre, artesão, negociantes, amantes da dança e das artes, que sempre estão sendo discriminados e agredidos. Na Europa e aqui!

  • monge scéptico

    Elitismo, preconceitos, xenofobias, homofobias, hipocricismo(
    essa é boa!) estão até onde não deveriam(?) estar como aqui
    mesmo. Posso entender; é BRASIL onde a hipocrisia é normal
    mas sempre desmentida. Na verdade vocês são um bando de
    josé’s serras;tfp/globobo/demo, queestão arraigados dentro de
    suas almas ARGH!!!. Posso compreender.
    DILMA não é estrela de reality show; ou é??Aí meu voto!!

  • Rodrigo

    Resta saber se a polícia e a justiça paulista farão seu trabalho, eu duvido.

    • Se Nagao

      Não vão fazer nada, como nunca fizeram.
      Os meninos(?) são da classe média paulistana, tem poder junto aos demotucanos.
      São Paulo a vanguarda do atraso.

    • Débora Diogo

      Já fizeram: depois de os pais e os repórteres da Rede Globo minimizarem as agressões colocando como: “ferimentos leves” no Jornal Hoje, de hoje à tarde (!?) os agressores foram soltos!!! E a turma que luta pela diminuição da idade penal??? Será que esses pais apoiariam? Como assim Rede Globo, ferimentos leves? E a bolinha de papel?????? Teve até tomografia, os rapazes foram violentamente agredidos, que é isso?!

    • BAPHTISTA

      temos que dar um basta nestes animais agressores ,que cada um respeite a apçao das de mais pessoas

  • duarte

    Hitler teria medo de andar em São Paulo hoje em dia.

  • Antonio Carlos Silva

    Sobre este ato criminoso dos facistinhas tucanófilos de Sum Paulo, a CBN (rádio que troca a notícia) faz operação abafa, ou seja :
    Quem apenas ouve a rádio cameliânica, não está sabendo deste ato criminoso dos facistinhas da província bandeirante .

  • SérgioFerraz

    São estes os fascistinhas que queriam mandar no Brasil?

    Contra a direita cristã fascista uma boa descarga resolve.

  • Guanabara

    E esse comportamental bestial vem da dita elite, superiora, que devera governar o Brasil. Mas nada melhor do que o bom e velho humor (inteligente) pra desconstruir essa idiotice. Segue o video do Adnet, que diz tudo:

    http://www.youtube.com/watch?v=jrUVle5wdPY&feature=player_embedded

  • leonardo-pe

    aproveitanto o q Marcos Vinicius e”É a Fúria do Eta”:disseram,no qual concordo,aqui em recife,tambem está se criando esse tipo de preconceito.as”patricinhas dondocas”rejeitam os q trabalham.só querem os”filinhos de papai”.sobre q o nosso amigo de santa catarina falou:por isso q eles não querem regulamentação.a”ley de medyos”.depois,são os mesmos q satanizam os deputados,e endeusados por esses”escolarizados”sarados e de olhos azuis!

  • Realmente é preocupante o que você coloca sempre de modo brilhante, caro PHA,e tomo a liberdade de convidar os amigos do Conversa Afiadaa entrar : http://bernardoalerta.blogspot.com/2010/11/senhores-pais-olhem-um-pouco-para-os.html

  • Crystiana Yaz

    Estou revoltada!!!
    Prisão neles!

    • francisco

      a justiça paulistana nunca vai botar essesmauricinhos na cadeia. Mas esses mauricinhos so vao nos mais fracos . duvido que eles enfrentariam negros capoeiristas ou nordestinos aguerridos.

  • paulo

    Em tempo.
    Um juiz, com a conivência do MP paulista, considerou que não houve homofobia, mas “apenas” lesão corporal e já mandou os “jovens” (se fossem pobres seriam menores agressores) para casa.
    E os pais dos “jovens” pretendem processar a vítima por assédio sexual…

    • É por esse motivo que MP e o judiciário paulista não querem perder o poder, isso sempre aconteceu em São Paulo. Esses cargos tem que ser revistos. JÁ!

    • Osmilda

      Discordo um pouco, Paulo. Se fossem pobres, negros, nordestinos, principalmente, porque judeus provavelmente não seriam pobres, e por aí vai, seriam “bandidos”, “delinquentes juvenis” e outras pechas. Os pais, transformando os culpados em vítimas, são apenas cúmplices dos “bandidinhos”.

  • Até onde vai? Até onde a Folha e a grande mídia quiserem. É a campanha de ódio que vem patrocinando. A eleição acabou, mas o ódio não. O ódio contra o pobre, contra o nordestino, contra o marginalizado. Um ódio que coloca o marginalizado como algoz dos ricos.

    O pobre não deixa o rico enriquecer, é o raciocínio. então vamos pra porrada, pensam.

    A folha vem publicando neofascistas que incitam o ódio e o preconceito. Uma regulamentação é urgente. Democratização das comunicações é passo essencial para que haja democracia no país.

    http://tsavkko.blogspot.com/2010/11/odio-pos-eleitoral-folha-leandro.html

  • Guerreiro Parmezam

    O que Silas Malafaia acharia disso?

  • Julio Silveira

    PH, irretocavel. Mais uma vez.

  • Vivian Agnoletto

    Lamentável saber que “pessoas” se deixam levar por esses sentimentos torpes. Não são pensantes.Quando incitados,são bestas,feras. Onde está Serra nessa hora?Ninguém vai responsabilizá-lo por tentar fazer a intolerância florescer?Não há leis nesse país?Não somos responsáveis po aquilo que falamos?
    Esses rapazes são uns pobres diabos,sem personalidade,fazendo pior que o gado,quando há um estouro.

  • Alex

    Tomara que peguem pesado com os playboys, porque aqueles que queimaram o índio Pataxó tiveram a vida mansa.

  • luciano bastiani

    “É assim que terminam políticas para desconstruir a escola pública em benefício da escola particular: em intolerância, a fase inicial do racismo.”
    PHA, como sempre, você é formidável!
    E é assim que terminam políticas para desconstruir a saúde pública em benefício de planos de saúde e suas clínicas e hospitais particulares: em separatismo, com “quem tem”, bonitinho e cheiroso, e “quem não tem”, doente e raivoso.
    É a fase inicial para um estado de coisas incontrolável, com violência e mais violência, diria até uma verdadeira guerra civil.
    Que não aconteceu até agora porque o povo brasileiro é, em sua maioria, pacato e honesto.

  • antonienko

    Rapidinha: cacos de lâmpadas fluorescentes impedem cicatrização, devido ao sal de mercúrio que a reveste….
    Intencional e agravante!

  • Marcos

    Será que haverá colonistas da falha e da óia defendendo o perigoso bando de facistinhas classe média que atacam jovens que consideram homossexuais? Como fizeram com os ataques verbais da Petruso aos nordestinos?
    Haverá alguém bradando contra a impunidade da liberação dos protofacistóidoes classe merdia? Virá alguma professora de direito da USP dizer que aqueles que defendem internação na fundação casa para essa corja são os verdadeiros preconceituosos?

  • m.fóerbah

    Dia 22 é o centenário da Revolta da Chibata

  • Nilson Euclides da Silva

    Olá,

    Para esses engraçadinho metidos a valentes. Cadeia!!! A justiça tem de fazer valer a Constituição e botar esse bando de idiotas no unico lugar em que eles podem terão tempo para refletir. O escuro de uma prisão de onde eles podem quem sabe planejar o próximo ataque as minorias daqui, a uns cinquenta anos que seria a data mais justa para o fim da pena desse tipo de gente.

  • selma

    Nada justifica o comportamento destes rapazes, nem das mayaras da vida. Ambos agridem moralmente quando agem assim e, aqueles, também fisicamente, parecem não se contentar em discriminar verbalmente e cometem essas atrocidades. De onde vem esta intolerância? Eis a questão. O que podemos fazer com esta praga que parece ter tomado mais folego nos dias de hoje? Encontraram algum apoio? Que tipo de jovem foi o adulto que torturou os jovens durante a ditadura? Como o escorpião? Ou formados para atender ao que se põe? Ou daqueles que mesmo sob pressão foram tolerantes? Seja qual for o tipo é preciso que eles entendam o que o nosso Raul Seixas cantou nos quatro cantos do mundo; “É preciso amar as pessoas como se não existisse amanhã”. E melhor ainda, amar de uma forma cuidadosa, no mais amplo sentido do cuidar

    • Concordo Selma, a homofobia é crime e condenável moralmente, o racismo é crime imprescritível, a xenofobia, o proconceito. Nada no MUNDO justifica tal atitude. Mas todos tem o direito ao contraditório e ampla defesa. Assim como grupos generalizam e cometem estas barbaridades, nós, não podemos generalizar da mesma forma. Ou não há homosexuais nas escolas particulares? Ou não há homofóbicos nas escolas públicas? Homofobia virou questão de classes sociais agora? Desde quando?

      • Caique, desde que este direito não intervem no direito do próximo, não? Se é direito do pensamento de uma pessoa é o contraditório e racismo ou xenofobia, não é normal NÃO, é doente, precisa de tratamento psicológico. Falta de amor no coração. Isso vem da criação.

    • selma

      perdao é renato russo e nao raul seixas. Tô broca!!

      • João Alberto

        A homofobia não, mas a soltura dos homofóbicos é problema de classe sim.

        Ou melhor, pras classes abastadas não tem problema nenhum. Nada acontece.

        Problema é coisa de pobre (segundo eles).

  • Gerolimich

    Já vi este filme !!!!!!!

  • Luis Rabello

    E ainda tem um grupo de parlamentares que insistem em criticar o PL 122.

    Não vou dizer que um deles é o Índio da Costa, mas é bom a gente conhecer quem é, realmente, a favor da vida nesse país.

    • Pedro Pinheiro

      Magno Malta e Marcelo Crivella estão na base do governo e também são adversários ferrenhos do PL 122/2006. Não dá pra ler a questão em preto-e-branco, a coalizão do governo tb tem suas contradições, que impedem o avanço mais efetivo em temas como o combate à homofobia e a intolerância de maneira geral.

  • Pífeo. Então todo aluno de escola particular são homofóbicos agora? Afirmar isso não é preconceituoso, xenofóbico? O preconceito tem duas vias, não é via de mão única não.

    E não foi só o jornal Agora que publicou:
    http://migre.me/2emd0 – Portal G1
    http://migre.me/2emtP – Estadão (que inclusive publicou antes do Agora)
    http://migre.me/2emAJ – Folha

    Novamente, pífeo. Procure se informar melhor, e ao invés de colocar links para opiniões externas, mostre números. Link de TSE, TCU… desafio-o a fazer estes comentários com dados oficiais, e não opiniões isoladas.

    • Caíque,

      Primeiramente não é ‘pífeo’ e sim pífio. Em segundo lugar, não é ‘e ao invés de’ (que tem simbologia de algo contrário) e sim ‘em vez de’ que é o correto neste contexto, já que você está sugerindo algo no lugar que foi proposto pelo site do ‘Conversa Afiada’. Terceiro, ninguém teria o direito de agredir alguém, será que os rapazes ‘passaram a mão’ nas ‘inocentes-crianças-classe-média paulistana?’. E o que ‘crianças’ estavam fazendo de madrugada na rua?
      Vá estudar, garotão, o todinho não tá garantido pra toda vida não!

      • Flavio Marcio

        Endossando.
        Os sofismas do tal Caíque são tenebrosos.
        O quê está em destaque no artigo do PHA e é realçado pelos internautas é o predomínio da discriminação (racial, classista e quanto à orientação sexual) partindo dos estratos dominantes da sociedade.
        Esta coisa de “mão dupla” do preconceito é secundária.
        Em relação a esta falácia de “dados oficiais”, sugiro que o sujeito acesse http://www.youtube.com/watch?v=6q7bHktD8Qk (quase 95 mil acessos!) e observe até onde a intolerância pode chegar.

    • Rafael

      Típico exemplo de preconceituoso velado…

      Passo a mão nos meus e tacho de preconceituoso quem critica o preconceito!

      (como fez a mãe de um desses covardes, Ela disse: “Eles tiveram a “Moral” deles “atacada” e se defenderam!”)

      Lindo, Lindo!
      Agora ele vai dizer que os maiores racistas são os negros!

      Cadeia pra essa gente!

    • Nikola

      Não foi pífio. O PHA apenas mostrou que não são pessoas incultas, mas gente que teve alguma educação, bom nível econômico, etc. Gente que sabe que homofobia é crime. Aliás, homofóbicos como estes, dizem os profissionais da psicologia, costumam ser gays enrustidos – seu ódio é só para esconder sua verdadeira identidade. Dá prá dizer que a sua raiva contra a matéria parece ser reveladora…

  • Como professor, me causa grande incômodo o discurso ‘antigamente a escola pública era melhor’ (ou melhor dizendo, no bom e velho e nauseante classemediês: ‘era melhor porque não tinha pobres’). Com o surgimento do acesso (quase) universal à educação básica (isso porque a LDB de 1996 deixa no ar se o ensino médio é obrigatório ou não) a classe média foi para as escolas particulares, onde o povo do elevador de serviço não entra. É impressionante a falta de visão de mundo de alunos que conheço de classe média que frequentam ou frequentaram escolas particulares. Um dia uma moça que havia estudado numa escola (segundo ela, a melhor de Aracaju) me disse que não namoraria um pobre, pois não namoraria alguém que não sonha…daí para a intolerância provável é um passo. Não se iludam: vem mais por aí, isso é um projeto ‘neoliberal tucanesco’ que há dezesseis anos dá à classe média o argumento necessário para que não matriculem seus filhos nas mesmas escolas que suas empregadas negras e nordestinas. Isso continuará, a não ser que o novo governo da presidente Dilma olhe com carinho para essa trajédia histórica que ultrapassa os muros das escolas e atinge lares, famílias, corações e mentes e frustra nosso desjo de país justo e digno para todos.

    • selma

      Daqui da minha terra,dizendo que pobre nao sonha, e acho que ela disse nao sonha alto, o que é pior. Melhor pro pobre que ela nao quis namorar. Pra consolo meu a sub classe I, existe em todo canto. I de idiota.Na maioria das vezes os sonhos se tornam pesadelos porque pensam que pode tudo.

      • Esses indivíduos da classe médias, são vazios, não conhecem o gosto da conquista. Tudo lhes veio de mão beijada, por isso o vazio, e tentam preencher com coisas fúteis e bestiais. Se tornaram bestas.

  • Frederico

    Página 23 de O Globo 15/11/2010. Uma foto mostra pessoas com uniformes de prisioneiros de campos de concentração nazistas. Já a legenda… esta diz: “Poloneses vestidos como oficiais nazistas … “.
    Impossível confundir. Só pode ter sido ato falho !

  • leonardo-pe

    e vossa senhoria,esqueceu da”Bláblarina”.uma das co-responsáveis pelo 2o turno!

    • selma

      “Nao falem desta mulher perto de mim” diz a musica que agora nao lembro o nome. Mas este nome que voce citou ai, mas nunca eu quero lembrar. Pois a dona dele é inconsequente, visionaria, deslumbrada!!!

  • Francisco

    “A nova onda de intolerância começou no segundo turno desta eleição, quando o candidato José Serra e seus brucutus na internet trouxeram para a sala de jantar o vaso sanitário da patologia social brasileira.”

    Perfeito.

  • Thiago

    Serra troxa à tona o preconceito que a elite branca e separatista de São Paulo sempre teve.

    Isso só provou que eles pode nunca governar o país.

    Tanto que ele prega o proconceito é que desde quando aquela estudante com a mentalidade lamentavél espalhou o ódio na internet, ele nunca veio a público condenar a atitude da sua leitora.

    Ele quer “vencer” a eleição pelo bem ou pelo mal.

    E o PIG quer que o filme de 64 se repita.

  • Loenardo Câmara

    Só Serra representa esses idiotas com alguma chance de ganhar as eleições. É imperativo apurar as denúncias de Amaury Ribeiro Jr. e chegar em Serra antes de 2014.

    É fundamental atacar os desmandos da Privataria e do Banestado antes que Serra seja capaz de se viabilizar como opção para a pré-candidatura.

    Caso contrário corremos o risco de retroceder séculos.

    Vamos aplicar o Ficha Limpa no Serra já!

  • PHA,
    Fiquei enojado com o acontecido com os jovens em SP. Infelizmente isto está acontecendo em todo o Brasil e no mundo. Isto mostra com a direita cristã fascista faz mal ao ser humano.

  • Léo Costandrade

    Tudo bem, algumas manisfestações recentes apontam para o fato de que a forma como o Serra e seus aliados trataram a campanha principalmente no segundo turno e o terrorismo eleitoral usado por eles e seus simpatizantes (independentes ou não) podem sim ter provocado uma nova onda de xenofobia e todas as demais formas de pré-conceito, mas dai começar a colocar a culpa de tudo o que vier a acontecer sobre as costas do Serra e seus aceclas já é um pouco paranóico, casos de xenofobia, homofobia e de exaltação ao neo-nazismo não são novidades e nem são de hoje, infelizmente esta é uma realidade vergonhosa mas é, precisamos ter um pouquinho de cuidado para não alimentarmos um ódio tão danoso para a sociedade quanto o deles.

  • malu

    Estava ouvindo o Jornal Gente no rádio, quando soube desse ataque. O radialista falou que isso pode ser reflexo da campanha eleitoral, que trouxe à tona esses preconceitos, falou também dos nordestinos. Eu acho que há uma certa censura dos patrões, mas ele quase falou: a culpa é da campanha do Serra. Eu lembrei de todos os e-mails nojentos que deletei, mas fico pensando o quanto essa moçada sem noção e sem educação se deixou levar pelo discurso preconceituoso em todas as suas variantes: negro, pobre, nordestino, homossexual, mulheres. O Serra criou o monstro, o único caminho é ele vir à público e dizer aos seus medíocres seguidores: Parem com isso, era só uma estratégia para ganhar a eleição, eu não tenho mais que beijar todos os santos e crucifixos que aparecerem na minha frente e vocês não precisam mais brigar contra os diferentes, já perdi mesmo.

  • salete cesconeto de arruda

    … e o Silas no horário eleitoral do intelectual Zé.
    Pois é.
    Freud explica.
    Ainda bem que a serpente foi esmagada no ninho.
    Mas é preciso estar atento.
    Quando um candidato dá espaço para gente que não tem respeito para com o SER humano – tudo pode acontecer.
    Alerta!
    As consequências da absurda campanha do Jenio ainda fazem eco nas fétidas sepulturas habitadas pelos vermes.

  • Luciano Gontijo

    A propósito, tinha entrado pra vir comentar especialmente a última edicão da “Veja”, que fez questão de publicar matérias onde analisa uma pretensa dependência nordestina a partir de pretensos dados estatísticos justamente uma semana depois da rede ter sido tomada de manifestações preconceitusas no Brasil.

    Será que a revista está jogando para a (sua) galera ?

  • Idéias de universitários que estudaram em colégios como o Objetivo:

    -Os votos dos paulistas valem mais que dos nordestinos.
    -São Paulo precisa de autonomia.Arrecada muito impostos e volta muito pouco.
    -Deveria existir um passaporte interno,com isso São Paulo poderia mandar migrante de volta.
    -Minha empregada,caso mande embora,vai na justiça e o juiz manda indenizar.
    -Se não existisse salário mínimo ,o mercado pagaria mais que R$540,00.
    -Se a iniciativa privada explorasse petróleo,até em meu quintal acharia.
    -A propaganda do governo é para pobre.

    Obs. São geralmente estudantes sarados e de olhos azuis.

  • JOSE ROBERTO PIRACICABA SP

    O Serra pode até tentar nova eleição. Prefeitura de S.Paulo, Camara de Vereadores, Presidência do Palmeiras, por aí vai.Quanto a chegar a Brasilia como presidente, “never”, jamais; primeiro porque esse indivíduo é o retrato da falsidade, não tem carisma, discurso, não tem nada que o credencie; no mínimo como uma pessoa simpática,agradável e principalmente, confiável.Seu próprio partido o” chutou para escanteio” já no primeiro turno. No segundo, para disfarçar, resolveram dar uma forcinha, mas…deu no que deu, o Serra se….(me desculpem as senhoras ou senhores de fino trato).

  • josé gilvar gonzaga

    tenho o maior respeito pelos homossexuais, pra mim é inadimissivel qualquer tipo de preconceito,com o negro, branco, indio, judeus, muçulmanos, ateus, cristãos, seja o quem for, que desrespeite o ser humano. quem pratica violência em todos os sentidos, com o ser humano tem que ser condenado exemplarmente e que esse crime seja inanfiançavel. 30 anos de cadeia é pouco. atenção senhores deputados federais e senadores, criem lei com mais rigor.

  • Eu nao sei se este caso esta nas estatisticas do Agora, mas semana retrasada um conhecido meu, de nome evandro, 17 anos, tb foi espancado na rua consolacao num sabado de madrugada. evandro é homossexual assumido e afetado e foi parar no hospital.
    que tal uma materia bomba no domingo espetacular? precisamos alertar a todos sobre isso

  • Adilson

    Olá PHA e leitores: como hoje é feriado tive o desprazer de assisteir o jornal do almoço na RBS florianopolis.
    Um cidadao de nome Luiz Carlos Prates despejou todo o seu preconceito no mais alto grau contra os “QUALQUER MISERÁVEL agora tem carro” e que moram em “GAIOLAS QUE CHAMAM DE APARTAMENTO” e ai saem por aí causando acidentes. Diz ele que é culpa desse governo …
    É impressionante como um maluco desses pode andar solto por aí e ainda deixam usar o espaço da televisão.
    Será que tem como conseguir o vídeo, pois alguém deveria tomar alguma providencia.

  • Antonio Elias

    Tudo isso porque a maldita elite paulista não enxerga o Brasil, pois só valoriza aquilo que é de fora, como aquela maldita frase: ” … o que é bom pros EUA é bom pro Brasil”, eis aí o nosso “Tea Party”.

  • Paulo Henrique,

    Tem que se combater o preconceito
    pela mídia, pela blogosfera, e pelo
    poder público, isso tende a piorar
    ainda mais com a campanha de
    ódio e preconceito dissiminada por
    Serra, o “mensageiro do ódio”

    http://blogdocelsojardim.blogspot.com/2010/11/camara-municipal-de-sao-paulo-repudia.html

  • Flavio Marcio

    O denominador comum da internacional da direita: o racismo, a xenofobia e a discriminação.
    Eis o modo como ela pretende manter as rédeas do mundo: aqui, ali e em toda a parte.
    Deter a ola fascistóide é fundamental para a sobrevivência da raça humana.
    E isto se faz além das palavras ou dos sentimentos de indignação:se faz na prática do dia a dia, tendo um papo reto com o povo de cada lugar, organizando demonstrações e atos de repúdio, criminalizando os criminosos da humanidade!

  • Mário

    Serra já demonstrou o quanto é pequeno e ao mesmo tempo o quanto é competente em criar inimizades partidárias. Deixemos que ele continue sua obra no sentido de desestruturar os partidos de direita no Brasil. Vamos acompanhar de camarote a maestria do Serra, nos anos que se seguirem, criando inimizades com o PSDB de Minas, do Rio, do Paraná, com os partidários do Alckmin. Serra é muito útil.

  • Sergio Antonio Bortolini

    Para mim está claro que NÂO pode ser bandeira de apenas um partido a descriminalização do aborto, união civil de gays
    punição aos torturadores, atualização dos indices produtividade para a desapropriação de terras para reforma agrária, o imposto sobre grandes fortunas e marco regulatório das comunicações.
    A sociedade civil tem que assumir estas broncas e empunhar a bandeira.
    Caso contrário sobrará para o PT e não andará pelo ônus que isto representa.

  • Severino Amaro da Silva

    Concodo plenamente com a matéria. No Brasil deveres são apenas para as classes menos favorecidas. Direitos são apenas para a burguesia. Agressão de garoto da favela é crime. Agressão de garoto rico é mal entendido. Roubo de garoto pobre é crime punível com anos de detenção, já que não temos pena de morte. Roubo de garoto rico é mera diversão e que algumas conversas com o psicólogo ou uma semana sem o play-station vão servir para puní-lo. Infelizmente esses são os valores que a elite brasileira acredita.

  • Pedro Soto

    Agora me aparece o tal do Alain Touraine falando bobagens no PIG.
    Esse metido a filósofo nem mesmo considerado nos meios acadêmicos ele é.

  • Cláudio Camargos

    É preciso acabar com qualquer tipo de fobias raciais e preconceitos. Mas quero enfatizar que esse processo tem via de mão dupla, e os “diferentes” precisam também respeitar os “iguais”. Se é que existem iguais e diferentes.

  • Augusto

    Nossa, e foi ontem mesmo que li no twitter do tal @classemédia alguém postando algo assim: se for votado a lei tal, a gente nao vai mais poder espancar os gays na Paulista…
    Era algo assim que dizia!
    Lamentável.

  • Claudio

    O Dragão botou ovos.
    Os ovos estão sendo chocados por pastores televisivos, “professores” da USP e pelo PiG.
    Alguns dos ovos já estão a eclodir no ninho.

    Mas não se preocupem, colocaram a culpa no Lula.

  • Tilda

    sabe quem eu temo que sejam as próximas vítimas?
    os bolivianos.
    por enquanto, eles ainda não incomodam a elite. mas, daqui a alguns anos, a bola da vez será eles.

  • Jukinha

    Pois é… só quem já passou por “essas entidades particulares”, leia-se escolas (estudando ou trabalhando [funcionáros em geral e professores], sabem como é. A discriminação corre solta por parte dos alunos e até entre eles. O “Builling” surgiu onde? Nas escolas particulares! Daí são exportadas para a públicas etc. Os funcionários mais simples dessas entidades educacionais e os professores em geral são os mais visidos. Sem falar dos pais (não são poucos), que quando se referem a escola, já colocam o seu viés discriminatório. Já presenciei cenas que, só de lembrar, me embrulham o estômago.
    Aí fica a pergunta: quala a real preocupação dos “donos” das escolas sobre isso? Só o discurso. E a coisa é ainda pior nas “escolas religiosas”, onde, em geral, está a nata da nata do estudantado.
    Seus filhos só vão para as escolas “di gênio” da vida, para fazer o cursinho, e olha lá. Portanto, trazem o ranço dismcriminatório dessas entidades que se dizem preocupadas com o “formação do cidadão”. Que piada! Quanta hipocrisia!!

  • Fiquei indignada com a desculpa(?) dada pela mãe de um dos meliantes:ele só fez o que fez porque se sentiu agredido moralmente ou fisicamente,blá….blá….blá. Essa senhora mostra o tipo de educação que deu ao filhinho. Quer dizer ela assina em baixo as atitudes do filho bandido.Já pensou se todos que se sentissem agredidos de alguma forma,saissem distribuindo pancadas?

  • claudio

    Caro Paulo Henrique, como se explica que pessoas aparentemente sensatas transformem-se em irracionais frente aos assuntos da política? Tenho ouvido tanta barbaridade, sempre generalizantes sobre o PT e o os progressistas…. Fico até pasmo! Chamam os petistas de “petralhas” (num trocadilho com os irmãos metralhas)… Estranho que este tipo de generalização é odioso, e repelida mesmo por aqueles que as fazem (quando direcionadas aos seus grupos. Tipo, generalizar a pedofilia na ICAR)…. Mas contra o PT pode tudo… Onde estamos?

  • Sibila

    É isso que dá: escolas particulares das “zelites”ensinam desde a pré-escola cuidar da árvore e da natureza, mas não a cuidar do ser humano!!
    Taí os jovens eleitores classe média alta da Marina !!!

  • Eason Nascimento

    Depois me aparece uma “jornalista”, em defesa da Mayara, o que não é defensável, responsabilizando Lula por estes atos de vandalismo, pois segundo ela, foi o presidente que dividiu o Brasil. Pode?
    http://easonfn.wordpress.com

Deixe seu comentário...

"O Conversa Afiada não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas ou que excedam 15 linhas."

  •