Quinta-feira, 02 de Outubro de 2014

Publicado em 03/03/2011

FMI: Bolsa Família é exemplo para o mundo. O PiG (*) tenta esvaziar

O PiG sempre achou que a voz do FMI era a voz de Deus, se o manda-chuva disse que é hora de “desacelerar a economia”, isso adquire para a Folha o caráter de mandamento

 

O manda-chuva do FMI visitou a presidenta e elogiou o Bolsa Familia, como se vê a seguir:

O Bolsa Família é um ótimo exemplo para o mundo

A receita para o crescimento da economia passa também por ações de combate a pobreza. A avaliação foi feita pelo diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, após ter sido recebido em audiência pela presidenta Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, também participou da conversa. Numa entrevista, Strauss-Kahn explicou que o FMI passa por processo de reformulação que fará o organismo internacional ser bem diferente daquela entidade do século 20, que ditava regras aos países emergentes.

“Estamos lançando o FMI 3.0. Fiquei muito feliz em saber que a presidenta Dilma compartilha com o nosso ponto de vista”, disse conforme explicou um tradutor que o acompanhou na coletiva.

Strauss-Kahn explicou que durante a audiência abordou a perspectiva da economia naquilo que se refere ao crescimento global. Ele avaliou que em alguns países o crescimento da economia ainda apresenta algumas incertezas. Ele frisou também que “a discussão do crescimento por si só não é bastante” e completou: “usar o crescimento para tirar as pessoas da pobreza como o programa Bolsa Família, um ótimo exemplo para o resto do mundo”.


O diretor do FMI também fez elogios às determinações do governo brasileiro, como o contingenciamento de R$ 50 bilhões do orçamento geral da União. Ele lembrou também que o Brasil tem participação importante no âmbito do G20 e um dos 10 acionistas do FMI.


O PiG (*),  porém, ressaltou outro aspecto da conversa:  acentuou o que contribuir para segurar a economia e esvaziar a bola da presidenta:

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/883984-diretor-do-fmi-pede-ao-brasil-que-economia-cresca-mais-devagar.shtml

No dia em que foi anunciado um crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) de 7,5%, a presidente da República, Dilma Rousseff, e o diretor do FMI (Fundo Monetário Internacional), Dominique Strauss-Kahn, conversaram sobre os riscos do superaquecimento da economia e a necessidade de crescimento “lento e estável” dos países.

“É chegado o momento de desacelerar a economia”, afirmou Strauss-Kahn sobre o Brasil após o encontro.


Strauss Kahn afirmou que ele e a presidente concordam que “crescimento por si só não é o bastante”. Ele elogiou os programas sociais do governo brasileiro –citou o Bolsa Família– e, principalmente, a recente decisão de corte de gastos. Segundo ele, os cortes são “muito bem-vindos”.


É obvio que a economia não vai continuar a crescer 7% ao ano.

A própria presidenta, antes, já tinha dito isso.

Porém, como o PiG sempre achou que a voz do FMI era a voz de Deus, se o manda-chuva disse que é hora de “desacelerar a economia”, isso adquire para a Folha (**) o caráter de mandamento, que merece uma manchete.

O interessante é que não se tem noticia de o FMI ter vindo ao Brasil, durante os sombrios anos do governo Farol, para reclamar que o Brasil precisava crescer mais.

Clique aqui para ver a tabelinha que compara Nunca Dantes com o Farol. O Nunca Dantes dá de 10 a 0.

Porém, antes de o manda-chuva dizer qualquer coisa, a própria presidenta já tinha feito a óbvia observação: se o Brasil crescer entre 4 e 5% está bom demais.

Dá para enterrar uns 100 colonistas (***) do PiG na cova rasa da Teologia do Mercado.

Vejam o que disse a presidenta:

http://blog.planalto.gov.br/


A presidenta previu que para os próximos anos o comportamento da economia brasileira não atingirá a marca registrada em 2010. Porém, ela assegurou que se forem mantidos os níveis entre 4,5% e 5% estará bastante satisfeita. Conforme avaliou, o ponto importante é criar condições de crescimento e expansão da economia nacional.


Mas, como assinalou, tudo deve acontecer dentro daquilo que classificou de controle da inflação. “O controle da inflação é uma das questões mais importantes”, frisou durante a conversa.


E seguiu: “quanto mais aumentar a taxa e investimento mais teremos capacidade de crescer. 7,5% a gente deve saudar mas, teremos nos próximos anos taxas entre 4,5% a 5% que seja sustentável e permanente. A gente espera também que o mundo não tenha mais marolas.”



(*) Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista.

 

(**) Folha é um jornal que não se deve deixar a avó ler, porque publica palavrões. Além disso, Folha é aquele jornal que entrevista Daniel Dantas DEPOIS de condenado e pergunta o que ele achou da investigação; da “ditabranda”; da ficha falsa da Dilma; que veste FHC com o manto de “bom caráter”, porque, depois de 18 anos, reconheceu um filho; que matou o Tuma e depois o ressuscitou; e que é o que é, porque o dono é o que é; nos anos militares, a Folha emprestava carros de reportagem aos torturadores.

 

(***) Não tem nada a ver com cólon. São os colonistas do PiG que combateram na milícia para derrubar o presidente Lula e, depois, a presidenta Dilma. E assim se comportarão sempre que um presidente no Brasil, no mundo e na Galáxia tiver origem no trabalho e, não, no capital. O Mino Carta costuma dizer que o Brasil é o único lugar do mundo em que jornalista chama patrão de colega. É esse pessoal aí.

 


Comentários

  • Vera Billie Jean

    o mundo comendo na mão do Lula!

  • Serrote

    Fascinante! Agora que chegou a hora de aplicar o seu receituário destrutivo nos países mais poderosos sofrem reformulação é ?!?

  • Olá, infelizmente devido a desigualdade social que ainda é enorme em nosso país, mas já foi bem pior, o bolsa familia é necessário pois a maioria dos beneficiados desse programa social, são extremamente pobres e muitas vezes não tem nem o que comer em suas casas, são pessoas humildes em todos os sentidos, não tiveram uma oportunidade de uma vida melhor até o momento, esses programa sociais resgatam a dignidade dessas familias e dará um futuro melhor ao filhos, quebrando assim o circulo vicioso existente a décadas em nosso país, pois essas pessoas que tem esses benefícios, sonham com seus filhos em uma escola para ter um futuro diferente do que eles tiveram.
    A verdadeira Meritocracia só vai existe quando as oportunidade for para todos sem distinções.
    Abraços.
    Gerci Moreira.

  • Ligeovanio

    “Estamos lançando o FMI 3.0″ Traduzindo: estamos nos vestindo de pela de cordeiro!
    Afinal, prá que servem mesmo os conselhos desse senhor?
    Que cacife tem o FMI (fundo da mortalidade infantil) prá dizer que é hora de desacelerar?

  • Pablo

    A teologia da Libertação vai na contra-mão da teologia de mercado, enquanto que a primeira busca a salvação da fome e da miseria de qualquer ser humano, a segunda so busca o acumulo de riqueza para pouquissimos privilegiados, e o Bolsa Familia busca, com esse suporte, dar força para os últimos da fila, a terem a oportunidade de se alimentar e de estudar, e mesmo assim existem canalhas trairas e vende patria que sonham com a época neo-liberal em que três ou quatro familias de milhonarios, mandavam em uma Nação Rica de mais de cem milhões de habitantes Brasilis. Dilma neles Viva o Brasil. A Lai de Medios já é uma Impossição

  • Julio de Andrade Fonseca

    Ora, ora, até o famigerado FMI está elogiando o ex governante plebeu do Reino de Nababus. Quando é que a casa grande vai voltar ao poder? Acho que nunca. Não têm nenhuma sensibilidade social, principalmente com relação às classes menos graduadas, nunca dantes lembradas.(Texto baseado no livro Quadros de Família) Lula 2018

  • ANDRE

    William Bonner desceu a lenha no bolsa família, só faltou chamar de bolsa vagabundagem.O mauricinho não precisa de bolsa nenhuma seu salário na Globo deve dispensar tal subsídio.

  • Eduardo

    Ô PHA, a CBN está criando o maior caso com o problema que ocorreu esta semana com os computadores do SERPRO, o jornalista questinou, até com dados de informática, um diretor de lá. Imagina se a a moda pega, vão questionar qualquer profissional, alegando saber mais que todos.

  • Marcio

    Qual economista previu a quebra generalizada por conta dos financiamentos habitacionais nos EUA? Nenhum. Então seus conselhos servem prá que ou melhor serve à quem? Como gostam de dizer que devemos crescer de forma lenta e sustentável! Mas quem se preocupa com o crescimento de 10% da China. Enquanto a JK de saia entra na onda do FMI, os “olhinhos puxados” vão de vento em pôpa. Vou morrer sem entender esse nosso complexo de vira lata.

  • fradinho

    O FMI veio nos ensinar a distinguir Pino Noir de Merlo ?

  • Guilherme

    PHA, permita-me:
    Bessinha é um gênio!

  • Jose Bentes

    Ô regina, o tucano Sergio, caiu nessa jaula dos tigres por ser desinformado coitado, se são aproximadamente 12 milhoes de famílias beneficiadas com o bolsa e em média 130.00 isso gera mais de 1 bi e meio de reais que entram em circulação no mercado todo mês, será que ele sabe fazer conta de multiplicar, acho que não, e alem do mais quem pega na grana é a mãe de familia justamente para o dinheiro não ser gasto com cachaça.
    As viuvas do FFHH sofrem!!!!!

  • rede bobo, falha de sp, veja, ed.abril=cínicos perdedores que não sabem mais o que falar. vivem aqui no brasil, comem do que o brasil dá, e vivem torcendo contra o brasil. vão embora daqui raça nojenta!

  • Li agora no Nassif, o Aécio Neves se aproximando dos sindicatos, a onça está sempre na moita, esperando para atacar

    E mais, a Folha querendo jogar esta batata quente chamada MinC nas mãos de Dilma como forma de indispor ainda mais Dilma e sua base
    http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/a-agenda-negativa-do-minc

    enfim, a direita não dorme no ponto, apenas hibernou por alguns dias, que nem sucuri, só digerindo, assuntando, para poder dar o bote

    Quanto a popularidade de Dilma creio que no decorrer de seu governo poderá cair, até mesmo por causa dos ajustes que serão feitos, mas depois ela se recupera, com certeza

  • Domingos

    É isso: O BRASIL de LULA e DILMA é, de acordo com o PIB, a sétima economia do mundo. Tem que aumentar o bolsa- família para girar a economia, LULA é um gênio, um BRASIL para todos. A oposição quebrou o país três vezes, eles criticam o que mesmo?

  • Bem todo o mundo sabe que Opus Dei quer dizer ‘ obra de Deus’.pombas.
    Desculpem o neologismo, mas que o picole de chuchu é da OpusDei tá no obvio da cara.
    Agora se a própria Opus é de Deus mesmo ou do outro… aí – há controversias.
    Esse é o ponto.

  • mauro

    O Alexandre Garcia, no seu quadro “Cenário Nacional” (que melhor se chamaria Reacionário Nacional) apresentado na Energia FM (rádio do interior de SP), hoje, criticou o crescimento do PIB 7,5%. Destacou que é menor que o crescimento da Argentina, da China e da Turquia.
    É mole?
    Como disse um pedreiro que ouvia o rádio: “então se o sujeito que tem um bilhão cresce 0,05% e o sujeito que tinha uma nota de R$100,00 e ganha uma esmola de R$10,00 quer dizer que o bilhonário está em pior situação que o mendigo, é doutor?”

    7,5% é a … reacionária ainda acha pouco!

  • Frederico de Oliveira

    Assisti, por mero acaso, o programa. Diante de Mírian Leitão, o economista do FMI parecia um político de esquerda. Impressionante como eles não repercutem. O interessante da entrevista foi que, como de costume dos âncoras da Globo, ela tentava falar por cima, atropelando o entrevistado, mas como as respostas do senhor eram muito precisas e conceituais, freqüentemente longas, ela não conseguiu que ele validasse seu pensamento sobre o governo (Lula e Dilma).

  • Pô Sérgio, você bebeu hoje ou é sempre assim? Acorda ave de bico longo e cabeça pequena. Dá um tempo na bebida. Vê se fica algumas horas são pra entender o que está acontecendo.

  • Paulo Geroldo

    Um crescimento de 7,5% para uma economia do tamanho da do Brasil é extraordinário. Valores entre 4,5 e 5% ainda são excelentes. Cabe lembrar ao PIG que esses valores de crescimento, sendo sustentáveis, levarão o país ao desenvolvimento. Eles podem até dizer que a Argentina está crescendo mais que o Brasil. Mas vejam o tamanho da economia argentina, que passou por crises graves nos últimos anos. É óbvio que a Argentina deve crescer mais que o Brasil, para se recuperar. Além disso, é ridícula essa rivalidade nossa com os hermanos. Isso é coisa do futebol. Na economia, quanto mais eles crescerem, melhor para o Brasil.

  • Beto Magalhães

    PHA,
    O Carlos Alberto Sardenberg, aquele que se diz jornalista economico nas organizaçôes globo, disse que o Bolsa Familia é obra do Banco Mundial e que foi Dona Ruth Cardoso quem implantou o premiado programa no Brasil. Engraçado, antes o programa era assitencialista, eleitoreiro , ” bolsa vagabundagem” agora, enquanto obra da suprema inteligencia tucana, até que passa…e o Pig continua achando que somos um bando de idiotas!

  • maria do ceará

    Quando o pré-sal começar a emergir, o FMI volta apavorado para mandar a Dilma sustar o crescimento, que tá demais! a Dilma aceitará isso?

  • Vera Billie Jean

    O PiG vão continuar tentando esvaziar todas as medidas do governo Lula – Dilma por pura inveja e incompetencia do governo tucano anterior.
    e o Brasil bombando….e mostrando os números!

  • sergio

    O PIG acabou nas eleições de 2010,mentiras,enganações,etc…

  • Henrique

    Até 06/2009 – CAMPEÕES DO BOLSA FAMÍLIA – BAHIA – SÃO PAULO E MINAS
    São Paulo é o terceiro estado da união com maior número de famílias beneficiadas pelo programa do governo federal Bolsa Família ficando atrás somente dos Estados de Minas Gerais, e Bahia. No Rio Grande do Sul há 414 mil beneficiados com o programa bolsa-família.

    E a elite paulistana e sua imprensa golpista ainda disseram, uma grande estapafúrdia, que a Dilma foi eleita por causa dos votos do Bolsa Família no Nordeste!
    Tem gente que adora ser BURRA!

  • Miraí

    Que belo resultado para o Brasil, nada como se ter governantes comprometidos com os brasileiros- e agora oposição à Lula/Dilma, como combater governos tão eficientes? – Parabéns Dilma, Parabéns Lula

  • padruga

    É incrível como ainda ouvimos (e recebemos) esses diretores do FMI? O FMI foi omisso diante do descontrole nos países desenvolvidos que levou à crise financeira de 2008. Só sabe dizer o que os “países ao sul do Equador” devem fazer. E continua assim, não tem jeito. Continua dando palpite. Antes dizia que tínhamos que abrir totalmente a economia, entregar nosso mercado interno, privatizar as estatais, desregulamentar a economia, vender o patrimônio nacional etc. etc. Agora vem dizer que o país não deve crescer muito, só um pouquinho. O Brasil saldou sua dívida junto ao Fundo para quê? Para continuar ouvindo os “conselhos” de seus diretores?? Vocês notaram o ar blasé e arrogante do Dominique Strauss-Kahn?

  • Henrique

    ONU
    “O Brasil alcançou todos os objetivos do Milênio (Metas do Milênio de redução da fome e da pobreza) …; demonstrou ao mundo que lutar contra a fome tem um significado econômico. [cria] empregos e crescimento , disse Josette Sheeram, da ONU, na entrega do título de Campeão Mundial na Luta Contra a Fome” ao Presidente Lula ( 10-05)

  • Henrique

    A cientista política Lúcia Avelar, da Universidade de Brasília, tem uma tese para a má vontade. Em uma análise acadêmica das últimas três eleições municipais (de 1996, 2000 e 2004), ela verificou o avanço dos partidos de esquerda a partir de 2000, e o recuo constante dos partidos de direita. “A transferência de renda cria um vínculo do eleitor com o Estado, sem intermediários, e este é o primeiro passo para um sentimento de cidadania”, diz. Entre os municípios com pior índice de desenvolvimento humano predominam o DEM e os partidos considerados de direita. “São locais tradicionalmente controlados pela elite financeira local. Por isso há tanta chiadeira”, conclui.

  • Henrique

    Pesquisadora italiana Francesca Bastagli, da London School of Economics, disse em 2007 que o programa foi ‘desenhado’ de forma a permitir a emancipação dos beneficiados.
    O Bolsa Família, principal programa de transferência de renda do governo federal, tem uma estrutura que “VAI EM DIREÇÃO CONTRÁRIA AO ASSISTENCIALISMO , avalia a pesquisadora , que estuda ações de diversos países direcionadas à transferência de renda para os pobres. Ao exigir dos beneficiários que os filhos freqüentem a escola e tenham a vacinação em dia, o programa “garante condições mínimas de saúde e educação e estimula a demanda por esses serviços, que deve ser atendida pelos municípios”.

  • padruga

    Incrível, como ainda continuamos a ouvir (e a receber com toda a pompa) os diretores do FMI! Não saldamos a nossa dívida? O FMfoi para o brecho depois da omissão com o que acontecia nos países desenvolvidos, e que levou á crise de 2008.

  • Henrique

    O miserável recebe um mísero Bolsa-Família, uma média de R$60,00 (teve aumento, agora), que muda radicalmente sua vida e de sua família, que veste e dá comida prá quem não tem. Condená-lo é de um cinismo brutal de quem não conhece seu país, é desinformado ou nunca lhe faltou(graças a Deus) um prato de comida e um chinelo de dedo para calçar.
    Existe sim uma perspectiva para o pobre com o Bolsa-família. Pelo menos e no mínimo eles não vão morrer de fome.
    Ou será que é para deixar morrerem?
    A melhor comprovação disso é conhecer as famílias que recebem e/ou visitar os locais indignos e sem nenhuma atuação social local para ver o que é uma pessoa pedir um prato de comida para seus filhos.

  • renivaldo

    Não tô nem ai prá o FMI, não precisamos mais dele. Se a economia vai crescer dois ou três porcento, não importa, o que vale é a distribuíção de renda para acabar com a miséria, mais investimentos na educação e na saúde, pois é isso que fará o Brasil ser um país melhor para todos.

  • Vc lembrou mas o que tem de blogueiro embirrado com Dilma pq ela foi à Ana Maria Braga,
    Uma pena que a blogosfera esteja tão cega, querem o que mesmo, a ruptura, a elite no paredão
    ???
    Então tá…
    Estou com Dilma e não abro, o povão também

  • Kenndel Zuanazzi

    Agora a Sra. Mônica Serrojas corta os pulsos.

  • Casa Forte

    WikiLeaks: secretário de SP disse que Alckmin é da Opus Dei
    04 de março de 2011 • 04h31 • atualizado às 05h41

    O secretário de Cultura de São Paulo, Andrea Matarazzo (PSDB), teria afirmado em conversa com diplomatas americanos que o governador Geraldo Alckmin pertencia à Opus Dei, segundo um telegrama obtido pelo WikiLeaks, as informações foram publicadas no jornal Folha de S. Paulo desta sexta. A afirmação teria sido feita quando o tucano disputava a Presidência, em 2006. Na ocasião, Matarazzo era secretário municipal de Coordenação das Subprefeituras.

    De acordo com o jornal, Matarazzo negou as opiniões registradas no documento e disse não se lembrar do encontro. No documento do WikiLeaks, o secretário teria definido Alckmin como um “católico conservador”. Segundo o relato, Matarazzo via Alckmin como um político de “orientação direitista”, que só via o mundo “da perspectiva de São Paulo” e “não tinha ideia de como conduzir uma campanha nacional”. Próximo do ex-governador e candidato à Presidência derrotado em 2010, José Serra (PSDB), o secretário teria dito ainda que os aliados mais próximos de Alckmin habitavam o “baixo clero” do PSDB.

  • Rodrigo Sidney

    Quando é que a elite brasileira vai aprender que o Bolsa Família ajuda na economia? O povo ganha mais dinheiro, compra mais, o empresário ganha mais dinheiro, gera mais empregos, contrata alguns beneficiários do Bolsa Família que passam a ganhar ainda mais dinheiro, que compram ainda mais, gerando ainda mais lucro para os empresários, e continua o ciclo.

  • Carlos

    Caro PHA,

    Veja a publicação no Terra/Folha que o Wikileaks publicou sobre o Alckmin: SECRETÁRIO AFIRMA QUE ALCKMIN É DO OPUS DEI.

    “De acordo com o jornal, Matarazzo negou as opiniões registradas no documento e disse não se lembrar do encontro. No documento do WikiLeaks, o secretário teria definido Alckmin como um “católico conservador”. Segundo o relato, Matarazzo via Alckmin como um político de “orientação direitista”, que só via o mundo “da perspectiva de São Paulo” e “não tinha ideia de como conduzir uma campanha nacional”. Próximo do ex-governador e candidato à Presidência derrotado em 2010, José Serra (PSDB), o secretário teria dito ainda que os aliados mais próximos de Alckmin habitavam o “baixo clero” do PSDB.”

  • Eugênio Magno da Costa

    Li no noticiario que o TUCA-DEMONIACOS vão visitar hospitais publicos para fazer denuncia na televisão o PIG. E por que esses cretinos acabaram com a CPMF? Agora, o PT e aliados poderiam fazer o mesmo nos hospitais de São Paulo dos Tucanos, do Parana da Familia Richa, no Pará do Sr Jaime, em Santa Catarina do DEM etc. Obs. O tampinha moral é o primeiro da foto.

  • Fabio SP

    E o Protógenes, hein?

  • O FMI deveria é ser extinto. Braço auxiliar do Departamento de Estado dos Estados Unidos, gerou muita miséria na América Latina nos anos 1980 e 1990. Os economistas que trabalham nessa instituição são fundamentalistas e não acertam uma, será que conseguiram o diploma pelo Correio? No ano 2009, a previsão do FMI é que a economia brasileira cairia 4,5%. A Folha, esse jornalzinho de quinta categoria deu destaque. E isso não aconteceu. Quanto ao Bolsa Família, somente um aloprado para achar que sustenta vagabundo. É o tipo classe média envenenado pela Veja.

  • Volódia

    Ainda existem ignorantes que defendem o governo FHC…eu vi esse país quebrar e ir de joelhos implorar dinheiro ao FMI no governo do Farol (que está morrendo de inveja do preço das palestras do Lula)…e hoje esse mesmo FMI vem aqui de joelhos nos pedir dinheiro no governo LULA-DILMA…

    Aqui em casa o casal 45 e o William Wack não entram mais.

  • http://palavras-diversas.blogspot.com/2011/03/reajuste-do-bolsa-familia-governo.html?utm_source=BP_recent

    O reajuste do BF é um anúncio duplo do governo:
    aos mais pobres diz que suas ações continuam perseguindo os objetivos sociais de erradicação da miséria e de melhoria da expectativa de vida;
    Aos críticos que o caminho é este e que o cenário econômico permite ao governo avançar no combate a pobreza extrema sem grandes sobressalto, apesar de toda gritaria e chororô dos contra de sempre…

  • S. Chiemi

    Pra mim está muito estranha essa história: um dia a presidenta aparece num programa global e nos aumenta as expectativas de um bom governo, no dia seguinte o anúncio do 7% do PIB. Vindo dessa emissora de tv é pra se desconfiar. Estou muito infeliz, pois não acredito em mais nada que venha de pessoas nascidas sobre o capital.

    • Euclides Rodrigues de Moraes

      S. Chiemi disse:
      4 de março de 2011 às 7:43,
      Meu Caro, Quando você for atingido por uma doença grave como o câncer e alguém lhe prestar solidariedade, com certeza, você se sentirá devedor a essa pessoa e não vai perguntar se ela é de direita, esquerda, de cima ou de baixo, pelo resto da sua vida, você, será grato a ela. Foi isso que a Dilma fez, retribuiu a ligação que a Ana Maria Braga lhe fez, quando tomou conhecimento que a Dilma sofria da mesma doença que a havia acometido, não confundamos as coisas, ela não esteve no programa da Globo, ele esteve no programa da Ana Maria, até como uma tentativa de retribuir a delicadeza de que foi objeto. Saibamos separar alhos de bugalhos e não fiquemos de picuinhas, sejamos grandes como grande é a nossa Presidenta, que soube superar os traumas da vida e chegar aonde chegou.

  • aide souza

    PHA, bom dia o que o pig e os jornais de baixo nivel pensam do crescimento ou nao do Brasil, hoje, agora e sempre nao interessa nem um pouco. Eles foram e serao sempre os maiores incentivadores de mentiras, calunias e foram os que sempre deram apoio a ditadura do pais. Alias e com essas mentiras que eles vem se perpetuando no poder a muitos anos. Fazer o que? Nao temos gente boa o suficiente na midia, na Justiça e no cenario politico para discutir esses problemas e outros problemas mais graves do cenario mundial, como as doenças. Muita gente gastando os 10 minutos de fala com bla,bla,bla sem ver o que e importante para a coletividade. Estamos no seculo 21 ou nos damos as maos para vencer os inimigos que sao muitos ou vamos ficar dento sapatadas uns nos outros sem sair do lugar. Na epoca que estamos vivendo cada minuto de nossa vida e importante para podermos ir adiante. Se vamos ficar questionando o sexo dos anjos sem que cada um faca seu dever de casa, vamos continuar mediocres estacionados no mesmo lugar. Todos somos responsaveis pela evoluçao de nosso pais em todas as areas. Com tudo que temos no momento em jogo nao e hora de pensar nas proximas eleiçoes e usar nosso tempo com assuntos de menos importancia, mas sim que o desenvolvimento do pais. Sem nosso pais e nossas riquesas vamos continuar a nao ser nada em relaçao ao resto do mundo.

  • regina

    Seu Sergio, vá com seu trololó preconceituoso pro blog do Chapeuzinho de Panama.

  • RICARDO

    PHA,
    E que exemplo!
    Recentemente o IPEA – órgão do próprio governo – apontou em pesquisa que o beneficiário do Bolsa Família demora mais de 6 meses para se reinserir no mercado de trabalho, por falta de qualificação;
    os computadores e cartões magnéticos de Patrus Ananias, em resposta à evasão escolar dos alunos cujas famílias são beneficiadas pelo programa – denunciada pelo PIG – até hoje estão encaixotados; se é que não foram parar na casa de um político experto.
    Em suma: o programa não tem um mínimo de controle. E o que era para ser provisório….virou moeda de troca eleitoral.

  • Julio Cesar

    PHA.
    não foi o 2 de fevereiro, foi o de 2 de março. só pra corrigir.

  • Julio Cesar

    PHA
    Eu assisti um pedaço do jornal da globo de 2 de fevereiro e acho que ouvi o Sardember, não sei se é assim que se escreve, falar que o bolsa familia bom é o do México, isso é que é um bom exemplo a ser seguido….; Ahh Fala Sério!

  • paulo

    Será que a China está preoucupada com os FMI e os USA, gostaria de ver o Brasil crescendo na média 7,5% ao ano nos próximo 4 anos, com controle inflacionário, gerenciamento dos gastas públicos, mais investimentos no PAC, uma economia forte e estável, altos índices de desenvolvimento, erradicação total da pobreza, reformulação e melhorias plenas na educação e na saúde, e sobretudo, ver o país do Tio San ir a bancarrotas e o Brasil despontando como um novo ícone no cenário mundial. Parece-me que o FMI quer que o Brasil não cresça e continue esperando que USA reaja para sermos subservientes a eles. Não se esqueçam que foi justo o FMI que melou o pró-alcool brasileiro nas décadas de 70 e 80 obrigando o Brasil a abdicar-se do seu programa para então receber aqueles míseros empréstimos (a matriz energética Brasileira não podia ser autosuficiente), não se esqueçam que foi justo o FMI que nos anos 90 obrigou o Brasil a diminuir o estado de forma irresponsável (privatizações), algo que custou muito caro ao Brasil e ao seu povo. Na verdade para o estado custou uma banana e ao PSDB uma caixa de laranja,ou seja, esse foi o preço da privataria no Brasil.

  • Diógenes

    Enquanto isto o Paulo Preto chora com pena do Padim Pade Çerra não ser o presidente deste dinheirão.

  • Marta

    Estamos condenados a crescer míseros 4,5% ou 5,0% ao ano, independentemente da vontade ou dos planos da Presidenta.
    Enquanto o Mundo discute problemas de escassez de alimentos temos a agricultura mais eficiente do mundo e que não consegue escoar sua produção. Faltam estradas, armazéns, portos.
    Empresas têm dificuldade em preencher vagas por falta de mão-de-obra qualificada.
    Nos aeroportos atrasos e cancelamentos de vôos passaram a fazer parte da rotina.
    Não há energia suficiente para suportar um crescimento maior.
    Nossa carga tributária talvez seja a maior do planeta, onerando a todos.
    Em suma, durante 8 anos o Governo Federal, mesmo arrecadando muito, fez investimentos pífios em infra-estrutura. Mas gastou muito em despesas recorrentes.
    Portanto, que Deus nos ajude a crescer esses míseros 4,5% ou 5%, muito aquém do que poderíamos se houve planejamento e investimento.

    • Salvador

      Êta Marta, onde vc teve esses últimos vinte e quatro anos hein? O pouco de infraestrutura que temos está sendo construída agora, e isso demora um tempo para mostrar resultado. Talvez se o Collor, Itamar e o FH tivessem feito 30% do que se está fazendo hoje – apesar do boicote da oposição (quanto pior melhor) e da imprensa que diz que o PAC é obra de ficção – não tivéssemos na situação que vc descreveu com muita razão.

    • Rubens Santana

      Tudo culpa do Lula Marta, afinal o Brasil foi descoberto em 2002 e tucano é apenas uma ave de bico grande.Pede uma boquinha no PIG… .

    • Fred Azevedo

      Marta; você está mais é para Mar’mo’ta!!!kkkkkkkkkkkkkkk

  • PHA, olha só como vai a economia pernambucana (Estado governado por Eduardo Campos, presidente nacional do PSB):
    .
    http://desatualidadescronicas.blogspot.com/2011/03/pib-pernambucano-supera-crescimento-de.html

  • PHA, olha só como vai a economia pernambucana (Estado governado por Eduardo Campos, presidente nacional do PSB):
    http://desatualidadescronicas.blogspot.com/2011/03/pib-pernambucano-supera-crescimento-de.html

  • Sergio disse:
    3 de março de 2011 às 21:28

    “E desde quando assistencialismo paternalista resolve problema de desigualdade?”

    Esse cara vive aonde?

    Até a ONU premiou o presidente Lula pelo “maior programa social do mundo”!
    Nunca ouviu falar que consumo gera empregos?
    Alem do mais, enfiar dinheiro, no loló dos empresários, do BNDS a juros de pai para filho não é paternalismo?

    Esse cara trabalha dentro de uma mina de carvão?

    • Panambi

      Onde vive não sei, mas acho que tem o bico grande e a massa cinzenta é pouca. Como dizem lá no CE: “pense numa pessoa bem informada!”.

  • Roberto Sa

    Sergio, o cabeção orientou para escrevermos os coments no word e depois colar. Você deve fazer o mesmo aqui para não decepcionar o tio rei.

  • Railan

    Viraram cachaceiros por não ter tido como encarar tanto sofrimento e covardia imposta pelos tucanos. O jeito era tomar umas para amenizar o sofrimento.

  • Dulcirom G

    O manda chuva do fmi, certamente veio aqui no brasil para prestar contas a um dos seus socios que é o brasil.porque antes o manda chuva nao vinha aqui so vinha aqui os seus empregados para nos dizer o que fazer na nossa economia.e o fhc sempre dizia: Por favor precisamos de mais uma graninha, a situaçao esta ficando dificil, assim me da, assim pode.O brasil era isso, um escravo da economia internacional e dos estrangeiros que nos roubavam tudo.Mas O cara apareceu e ai so virou felicidade para o povao.

  • rogerio

    Pô PHA, o FMI vindo dar dica que temos que crescer lentamente, que temos que fazer cortes…. Tô te estranhando.
    Eles que vão dar dicas para o Maldorf, o FHC, o Dantas. Nós temos inteligência para exportar em qualquer área, inclusive o bolsa família e programas de renda construídos no governo Lula.

    O mercado interno chinês cresceu quanto recentemente?
    Rogério

  • Eyck

    Ao Sr Sergio: 3 de março de 2011 às 21:28
    Tem tucano visitando o PHA. Sará o Sergio Guerra ?

  • Eugênio Magno da Costa

    O PIG-GLOBO, ontem disse que tinha sido cortado verda do Minha Casa…, alias o governo aumentou em dois bilhões os gastos. O PIG disse hoje, que o resultado de 7,5% não teria sido tão bom porque o pais decresceu 0.8% no ano anterior. Vejam quanta má-fé. Os grandes paises que cresceram mais que o Brasil são A China e a miseravel India.
    É o Ali Pigamel danda as cartas no jornalixo da Globo.

  • CCAA

    PHA

    Esse cara veio puxar o saco do Brasil, e, pedir dinheiro emprestado. Manda pedir pro PIG. E essa história de desacelerar a economia, é medo, pois o Brasil dos brasileiros já é superior a França e Inglaterra. A propósito. dentro de pouco tempo vamos comprar um destes dois países. Será nossa colônia de férias na europa.

  • Paulo Leme

    Enquanto o Brasil recebe elogios do outrora respeitado Fmi, em São Paulo, bem, em SP o desgoverno tucano continua a todo vapor, em várias áreas.

  • O Bolsa Família criou consumidores, onde antes só existiam miseráveis. Fez girar uma roda fantástica, que só trouxe prosperidade por onde passou, desembocando na Av. Paulista, na forma de rios de grana. A intolerância das elites nacionais, contra o Lula, é meramente ideológica, disputa pelo poder. Dinheiro, êles nunca ganharam tanto.

  • P. Silveira

    PHA, o seu blog já foi melhor.
    Agora que o (S)erra não tem mais nem blog pq já estão vendo que o que ele fala não se escreve, alguns simpatizantes radicais estão vindo colocar a sua negatividade aqui.
    De uma selecionada, ok.

  • Fred Azevedo

    pig, quem…??? folha quem??? Lixo, lixo, lixo…

    Pensei que estavam na UTI – pelo visto ainda respiram, apesar do tubo de oxigênio, já estar no máximo!
    Viva Dilma!!!
    Viva Lula…o maior de todos!!!

    P.s. – “País rico é País sem pobreza.”

    P.s.2 – “O Brasil é um dos 10 acionistas do FMI…” – quem vai pegar a navalha primeiro…? Será o pig, ou, o “sociólogo das trevas”???

  • mauro hage

    Vamos nomear Lula presidente do FMI, aí sim, eles aprenderão como se tira alguém da miséria.

    • Isto ele não vai querer, pois ele não sabe ser pau mandado. Deixem este povo pra lá. O que o “Lula paz e amor” poderia (e ele tem capacidade pra isto) seria: Ocupar a Presidencia da Vale e da Petrobrás simultaneamente e deixar o homem fazer negócio. Ai sim, eu acredito que ele estará no lugar certo. Duas firmas importantissima. E se sobrar um tempinho ele cuidará do agro-negócio. Sei que é muito, mas o homem parece uma máquina!

  • Avelino

    Caro PHA
    O direor do FMI que vá encher as paciências dos EUA, da Europa etc. O que eles fizeram que não se anteciparam á “crise” capitalista que la ocorrereu?!
    Saudações

  • Márcio Martins

    Se o Dominique-Istroskan ( do Bonner,que já chamou também o wikileaks de uaiquiliques, desculpem por ter visto!) elogiou, quem sou eu pra contestar…

  • Sergio

    E desde quando assistencialismo paternalista resolve problema de desigualdade? Essa bolsa esmola é pra sustentar aqueles vagabundos de classe baixa (em todos os sentidos). O país tem que criar e incentivar é oportunidade de trabalho para todos e não ficar dando dinheiro pra cacheceiro de boteco.

    • Helena Pahl

      Sergio

      Li seu “comentário” e fiquei em dúvida: você é parente de Monica Serra? Ou do FHC que considera os aposentados, exceto ele, vagabundos?
      Aproveita e migra para o blog do Reinaldo Azevedo. Lá você encontrará “artigos” mais compatíveis com seu perfil.

    • Nádia

      Caro Sergio, se você vivesse em um barraco com 10 irmãos, mãe analfabeta lavando roupa para ajudar no sustento e pai acordando às 4hs da manhã para ir trabalhar na roça ganhando uns trocados, chamaria os pais de vagabundos? Seja mais humano.

      • Nádia

        e muito cuidado com o que diz, a lei da ação e reação existe, na próxima encarnação você poderá nascer nesta condição.

      • Carlos

        Outra grande resposta, merece até medalha; outro sujeito que não irá dormir direito hoje, depois de uma cacetada dessas. Chamar os outros de vagabundos é uma das principais obras de FHC, que nunca trabalhou e tem cinco aposentadorias! Qual o nome que devemo dar a ele? E pelo que vejo deixou muitos seguidores, iguais a esse que e a moça acabou de detonar.

    • Esta frase “criar e incentivar oportunidades de trabalho” NUNCA foi realidade no desgoverno fhc sociólogo boçal incompetente ; muito pelo contrário : ” juros de quase 30 % ao mes ” , ” inflaçao de 2 digitos , salario minimo de R $ 120,00 reais , racionamento de energia , compra de votos para reeleição …etc… ” É só vç conferir aqui mesmo no caf os balanços de um e outro ; LULA 10 X 0 FHC .

    • Duda

      Um palavreado preconceituoso típico dos tucanos.

    • Gersier

      Se alguns são cachaçeiros é porque não tiveram as oportunidades nos governos anteriores, que fizeram de tudo para manter sob as rédeas da ignorância alguns.Pra se costurar uma bela camisa,dá-se o primeiro ponto.Pra se iniciar uma caminhada rumo a um futuro melhor,dá-se o primeiro passo.Deixe de escrever asneiras rapaz,aqui os otários que aparecem são oriundos dos blogs cheirosos e alienados pelo PIG.

    • Pô, meu, tu só fala em cachaça, em todos os sentidos ! Acho que tu toma uma cachacinha braba, heim ? Vai dizer para os milhões de famílias que escapam com essa ajuda do governo..!!!! Tu não entende nada de política e vem falar besteira aqui ! Vá estudar, vá ler, procure informação equilibrada e verdadeira como aqui no Conversa afiada…
      Não assista a globo, não leia a veja,época, folha de sao paulo, estadão, entre outros, e você já começará bem…!!!!
      Você não vê a enorme diferença que o governo Lula promoveu nesse país ! Diferença para o bem….!!!!!!!!!

    • Aline C Pavia

      Sergio não tem muita diferença entre vc e um papagaio na gaiola.
      Papagaio também repete qualquer bobagem que a gente ensina pra ele.

      Quanto te pagam pra vc ser troll nos blogs sujos?

      A eleição foi em 31/10 e teremos Dilma presidenta pelos próximos 4 anos no mínimo. A sua dor-de-cotovelo ainda está tão insuportável assim? Vai no Farmácia Popular, que o Lula criou, que tem um monte de analgésico pra vc se tratar bem baratinho.

    • JOB

      Para apresentar oportunidades de trabalho, é nescessário que as crianças sejam mandadas a escola, para aprender ler e escrever. Fica difícil arranjar trabalho para analfabetos.
      Para os já alfabetizados, o governo atual (PT) dobrou o numero de escolas técnicas, formando bons pedreiros, eletricistas, encanadores, pintores etc. Para aqueles que possuem nivel colegial, foram criadas no governo LULA dezenas de extensões universitarias e universidades em maioria dos estados da federação.

    • Cergio Cerra vc é um jenio pena q sua opinião é de gente cheirosa de plumagem tucânica…

  • Jorge Rodrigues

    Não concordo com meta de crescimento entre 4,5% a 5% ao ano.
    Lembro-me bem que naquele video que o Bill Clinton deu um pito no FHC, citando que Uganda tinha crescimento entre 5% e 6%.
    Não podemos ser menor que isto.
    Esperamos décadas para crescer, não podemos ter esse raciocínio mediocre de crescer menos, se a China pensasse assim, estaria ainda no século XVIII.

  • Na época do PSDB vnha pra ditar ordens, hoje vem pra elogiar. Delícia.

    Documentário – A Quarta Guerra Mundial
    O documentário faz um inventário das milhares de pessoas e movimentos sociais que se manifestam em toda parte do planeta contra neoliberalismo.
    http://bit.ly/bfJCbs

  • Sergio

    Eu sou contra essa bolsa-esmola. Isso aí é assistencialismo do grosso! Tem que dar é oportunidade pra trabalhar e não dinheiro pra irem tomar de cachaça! O povo já é preguiçoso por natureza, e ainda arranjando quem dê…Empregado doméstico nem quer mais ter carteira assinada, justamente pra não perder a esmola.

    • Márcio Martins

      Vai procurar outra senzala, que esta você já perdeu, moço!

    • valdir mg

      Sr. Sergio creio que o senhor esteja falando de si próprio. Contando a sua história. O Bolsa Família é um programa social atrelado a outros programas sociais:PRONAF, a criança tem que estar estudando, Prouni, etc….Por que não te calas, seu mal informado?

    • Pedro

      Meu Deus, se meu peixinho de aquário falasse, teria uma opinião mais bem fundamentada que a sua.

    • kalango Bakunin

      demotucano babaquara, vai procurar sua turma no meio do alagão diário

    • nora j.s.silva

      Sergio, povo vagabundo?????????????????? Só se for os teus próximos. Vá se informar. O Brasil cresce, aumenta empregos, se livra da mais grave crise dos paises ricos, diminui a desigualdade social , paga o FMI, cumpre contratos, é respeitado internacionalmente e você ainda me vem com esta conversinha idota e idiotizante. Vai estudar menino.vai entender onde se origina a míseria e a riqueza brasileira. Depois que tu entenderes isto, verás que, aquilo que chamas de “bolsa esmola” deveria ser chamada de pequeno reembolso histórico.

    • LAGRANGE

      Mais um jênio aparecendo por aqui. Deve ser alguma viuva do Farol perdida no espaço e no tempo. Tente o blog do Cabeção e suas reinaldetes.

    • Rosângela

      Boa Noite Sergio,
      Você comeu Alpiste? Parece !!!
      Bom apetite.

    • Aline C Pavia

      Se tem essa ideia tão ruim sobre o povo brasileiro (“preguiçoso por natureza”), faça-nos um favor, se mude para a Itália, lá que é bom. Ou Espanha, ou França. Lá tá bem bacana pra gente como vc.

      Aproveite e pesquise na internet – no Azenha tem fácil – quantos países do mundo possuem o que vc chama de Bolsa-Esmola.

      Nos EUA e na Inglaterra tem o que vc chama de “assistencialismo”, por incrível que pareça.

      Aqui trabalhamos com informações e fatos, não com o pentotal do PIG para acéfalos, lobotomizados e QIs de ameba.

      Para saber o que é pentotal, leia “Brasil: Nunca Mais”. Lá vc vai aprender mais coisas importantes. Talvez aprenda um dia que acreditar na mídia é uma doença curável.

    • JOB

      V fala como maioria dos ricos, que querem sejam mantidos os pobres analfabetos, para serem mais facilmente escravizados…

  • Mariano

    PHA parabéns. O FefeGaga e sua turma demo-tucanalha vão cortar além dos pulsos a língua. Dilma Neles.

  • Flavio Marcelo

    Desculpa PHA, mas desta vez não há como concordar com vc, PIB de 4,5 a 5% é mediocridade. É não acreditar no Brasil, por que China e Índia podem e nós não? Somos piores? Fico na espera da obra de Guido Mantega onde ele prova q um PIB de 4,5 a 5% não traz pressões inflacionárias? Prêmio Nobel vai ser pouco.

    • Márcio Martins

      Não somos piores. Inclusive a economia brasileira é mais madura do que as citadas por você. Talvez por isto crescer a 10% ao ano seja mais fácil para eles, não para nós.

    • nora j.s.silva

      Flávio, um crescimento em torno de 5% para o Brasil é bem satisfatório desde que aumentemos a distribuição de renda.
      A realidade social da China e da Índia são muito diferentes do
      Brasil, cresce 10% com alto custo social não é modelo bom para o Brasil. Devemos crescer e iremos mas com sustentabilidade social e ambiental. um abraço Nora

  • Nonato luz

    Ouvi na CBN-SP do tal do Sadenberg “a origem do bolsa-familia é o México….com uma diferença lá funciona, aqui é cópia mal feita….

    Não adianta, eles não reconhecem nem mesmo o que dá certo.

    Juro que CBN nunca mais, esperto o Heródoto que pulou fora.

    Nunca mais ouvirei a voz da Mirian, do Jabor e da Hipólito.

    Nem mesmo no transito caótico da São Paulo.

    Pior que não há alternativa….sairá algum dia teremos uma
    Rádio e TV CartaCapital??? ou equivalente.

  • Por favor, ansioso blogueiro, pare de ficar falando em “manda-chuva” porque deixa os demotucanos de São Paulo completamente desnorteados e sem saber o que fazer com as enchentes, os apagões privatizados, os canos da Sabesp sem água por dentro mas muita por fora naufragando bairros e cidades inteiras.

  • gilberto

    Minha avó sempre dizia uma coisa : Meu néto, é muito melhor a gente segurar qualquer coisa do que ter que empurrar……kkkkkk

  • Edvard

    Eu creio que a bolsa família foi e é uma medida capitalista, porque coloca no mercado um grande contingente que estava na subsubsistência.
    Acompanhada da formação profissional, a medida faz com que essa parcela da população deixe de necessitar da bolsa. Nem é necessário comentar os efeitos sobre saúde, condição social, e a repercursão sobre todo o mercado.
    A diferença deste capitalismo é que o dinheiro do povo é aplicado no povo e beneficia o povo.
    O modelo capitalista neo-liberal se baseia no uso do dinheiro do povo para beneficiar apenas determinados grupos capitalizados ou para capitalizar os amigos (às vezes é a mesma coisa).
    E por incrivel que pareca, o Nunca Dantes conseguiu que uma medida capitalista reduzisse consideravelmente a desigualdade no pais. Salvo engano, nunca dantes na história deste Brasil.

    • Leonardo Scalercio

      Edvard, só não concordo em você dizer que existem capitalismo e capitalismo neo-liberal. São a mesma coisa. Não existe capitalismo mais humanizado, uma vez que este existe e se perpetua através da acumulação da mais-valia, da exploração do homem pelo homem, do desprezo à natureza como um todo. O que este governo tem feito também não é socialismo, mas, ao injetar dinheiro e distribuir renda, expõe contradições do capital, uma vez que neste sistema, igualdade e fraternidade não são consideradas. Logo, a partir do momento em que todos têm acesso já não é mais capitalismo, pois este por si só é concentrador de renda, é o sistema que nasceu sob o signo do egoísmo, dito pelo próprio Adam Smith. E é isso que a gente precisa estar atento. E quando mais e mais tiverem acesso, menos esta minoria terá o poder de controlar e manipular as massas.
      Um abraço.

  • LULA inovou na gestão do governar e deixou para Dilma a missão de cumprir um trabalho exemplar para diminuir as desigualdades.Lógico que muita gente não vai gostar, mas quem disse que LULA-DILMA precisam desses amigos.Acessem: http://bernardoalerta.blogspot.com/2011/03/se-voce-acha-que-so-tem-amigos-o.html

  • Oscar Inzulza

    O FMI pede a Dilma para frear o crescimento, a folha aceita o desafio, o Zê de esquina não concorda. Melhor é seguir crescendo, os agoreiros de plantão que se resignem, governo Lula + governo Dilma = crescimento e mais dignidade para o brasileiro.
    Vale dar uma lida na noticia da Folha
    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/883984-diretor-do-fmi-pede-ao-brasil-que-economia-cresca-mais-devagar.shtml

    • O FMI, como sempre, está certo. Já aprendemos isso.

      Também aprendemos que, se os porcos do PIG dizem ‘alto’, baixamos. Se dizem ‘branco’, fazemos preto. Se dizem ‘desça’, subimos. Por aí vai.

      PIG e FMI, tudo a mesma … (complete à vontade).

Deixe seu comentário

"O Conversa Afiada não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas ou que excedam 15 linhas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Conversa Afiada."

  •