Brasil

Você está aqui: Página Inicial / Brasil / Cerveró sobre FHC era uma cilada

Cerveró sobre FHC era uma cilada

Agora o Moro prende o Lula até o Carnaval!
publicado 12/01/2016
Comments
el chapo

"El Capo", ilustração do Geopolítico Blog, na TV Afiada

O amigo navegante percebeu que o PiG noticiou a "citação" do Príncipe da Privataria numa roubalheira da Petrobras nos bons tempos do Francisco Gros.

Como se vê na TV Afiada, o Príncipe respondeu de forma inequívoca e taxativa.

"Acusações vagas" não merecem confiança.

Tratava-se, na verdade, amigo navegante, de uma cilada.

Uma cilada da turma do III Reich, que mira no Wagner, antes de mirar no neto da Dilma.

Cilada da Polícia Política do vazamento e seus vazos.

No dia seguinte, imediatamente vinte e quatro horas após, surge nessa terça-feira 12/01 a denúncia de que, na verdade, o grande ladrão é o Lula, mancomunado com o amigo Bumlai.

Diz a Fel-lha, que disputa ferozmente o título de Vazo #1:

"Delação de Cerveró liga (sic) Lula a empréstimo sob investigação".

"Liga" é uma forma delicada de tratar o Lula, uma contra-partida ao "cita FHC", como observou o Fernando Brito.

Os repórteres da Fel-lha tiveram muito menos trabalho do que o Sean Penn para entrevistar o Chapo, e menos ainda do que os repórteres do Spotlight.

Mas, isso não vem ao caso, não é, Dr Moro?

O que vem ao caso é o fato de que a "citação" a FHC durou um dia.

E Cerveró e Pedro Correia continuarão a servir à demolição do Estado de Direito até o fim dos tempos.

O Farol de Alexandria, por não mais que um dia, deve ter sentido o gostinho de ficar na boca do Cerveró e dos vazadores.

O citação de FHC sumirá.

E Francisco Gros dormirá o sono dos justos, ao lado do Sergio Guerra.

Isso não vem ao caso.

Paulo Henrique Amorim