Brasil

Você está aqui: Página Inicial / Brasil / 2014 / 04 / 20 / Janio não é subordinado a Barbosa

Janio não é subordinado a Barbosa

"Soberano é quem decide sobre o estado de exceção" - Carl Schmitt
publicado 20/04/2014
Comments

Liga Tirésias, o Profeta, perplexo com o artigo de Janio de Freitas, hoje na Folha.

Janio relata como o assessor de imprensa do Presidente Barbosa o tratou imperialmente, para exigir destaque  numa nota do Presidente, na Folha.

Janio criticou o papel de Barbosa no Mega-Grampo da Procuradora Milhomens, "orientada" por Gilmar Dantas (*).

Janio diz: Presidente do Supremo não é estafeta, como sugere a própria nota do zeloso assessor.

Porque remete o problema ao Procurador Geral, sem avaliar a relevância do crime por se cometer !

Mas, o assessor exigiu retração destacada !

E Janio respondeu à altura.

E desmontou a "lógica" imperial do Presidente.

Aí, entra o Tirésias.

O Janio e a Folha não se devem subordinar ao Presidente do Supremo.

Numa Democracia, é exatamente o contrário: o Presidente do Supremo é um servidor, já que o poder emana do povo.

O presidente do Supremo é que se subordina à Folha e ao Janio.

Soberano não é o Presidente do Supremo, como imaginava o ex-Presidente Supremo do Supremo, aquele ...

Soberano é o povo.

No meio do qual se encontra o Janio, observa Tirésias, indignado !

Numa Democracia, soberanos são os cidadãos.

Diz ele, o Tirésias:

"Joaquim Barbosa estudou na França. Talvez pense que o Brasil viva sob Napoleão !"

Em tempo:
lembra o Tirésias: "Soberano é quem decide sobre o estado de exceção", disse Carl Schmitt, o filósofo alemão que justifica a Exceção (em "Teologia Política"). "Exceção !". Isso é o que une a exigência para que Janio desse o máximo destaque à sua nota - e a demonstração diária, implacável, de que José Dirceu está sob seu exclusivo, pessoal, domínio.

Em tempo2: Tirésias lembra que assessor de imprensa do Supremo está ali para dar informação e não cobrar nada de jornalista ou jornal. Ele também é um servidor público !


Paulo Henrique Amorim, com a inestimável colaboração do Profeta.


(*) Clique aqui para ver como notável colonista da Globo Overseas Investment BV se referiu a Ele. E aqui para ver como outra notável colonista da GloboNews e da CBN se referia a Ele. O Ataulfo Merval de Paiva preferiu inovar. Cansado do antigo apelido, o imortal colonista decidiu chamá-lo de Gilmar Mentes. Esse Ataulfo é um jenio. O Luiz Fucks que o diga.