Brasil

Você está aqui: Página Inicial / Brasil / 2013 / 12 / 13 / Engavetador volta ao trensalão. Tucanos aliviados !

Engavetador volta ao trensalão. Tucanos aliviados !

Durante três anos de Grandis se esqueceu de investigar os tucanos. Agora vai se lembrar ...
publicado 13/12/2013
Comments

Saiu na Folha (*) informação de Flávio Ferreira e Mario Cesar Carvalho:

"Mesmo investigado por duas corregedorias por ter engavetado um pedido de cooperação da Justiça suíça no caso Alstom (conhecido como "trensalão tucano"- PHA) o procurador (sic) da República Rodrigo de Grandis reassumiu o inquérito".

De Grandis desculpou-se com a informação (sic) de que os pedidos estavam arquivados numa pasta errada !

Navalha

Viva o MPF !

O novo Procurador Rodrigo Janot tinha chamado de Grandis às falas.

Pelo jeito, o pedido de Janot ficou perdido numa pasta errada.

O MPF tem um problemas com pastas.

O Procurador-Geral da Republica (e, depois, advogado de Daniel Dantas) Antonio Fernando de Souza denunciou Ali Babá (Lula) e os 40 ladrões, mas, procurou, procurou e, na pasta investigada, não achou o Daniel Dantas no Valeriodantas.

Seu sucessor, que o senador Collor, da tribuna do Senado, chamou muitas vezes de "prevaricador", também não achou na pasta o Demóstenes, o Palocci, o Cachoeira, o Caneta, o Aécio nem o Daniel Dantas.

Os tucanos estão aliviados com o triunfal retorno do de Grandis.

Ufa !

O problema agora está nas mãos da Ministra Rosa Weber, que vai relatar no Supremo o trensalão tucano.

Se valer súmula vinculante do mensalão (o do PT), o Padim Pade Cerra e o Alckmin vão em cana.

Porque, no julgamento do mensalão (o do PT), a Ministra Weber considerou que deveria condenar o Dirceu exatamente por causa da dificuldade de provar que ele era o chefe da quadrilha.

Nesse caso, será mais fácil configurar a responsabilidade de Cerra e Alckmin.

A menos que a "peça acusatória" que vier do Ministério Público se perca numa tucana pasta.

 




Paulo Henrique Amorim


(*) Folha é um jornal que não se deve deixar a avó ler, porque publica palavrões. Além disso, Folha é aquele jornal que entrevista Daniel Dantas DEPOIS de condenado e pergunta o que ele achou da investigação; da “ditabranda”; da ficha falsa da Dilma; que veste FHC com o manto de “bom caráter”, porque, depois de 18 anos, reconheceu um filho; que matou o Tuma e depois o ressuscitou; e que é o que é,  porque o dono é o que é; nos anos militares, a Folha emprestava carros de reportagem aos torturadores.