Brasil

Você está aqui: Página Inicial / Brasil / 2013 / 09 / 26 / Jogadores peitam a Globo. Pela mudança no futebol

Jogadores peitam a Globo. Pela mudança no futebol

Atletas querem mudar calendário de jogos
publicado 26/09/2013
Comments

 


A partir do Blog do Miro, o Conversa Afiada reproduz texto do Brasil de Fato sobre o movimento que surge com objetivo de mudar o futebol brasileiro, como já defendeu, explicitamente, Alex:

Não deixe de ler “Final alemã. A Globo quebrou o futebol brasileiro

Em tempo: O Globo Esporte de hoje comentou sobre atraso de uma hora no treino do São Paulo, por conta de reunião do goleiro Rogério Ceni com o restante elenco.

Na mesma matéria, entrevistaram o técnico Muricy Ramalho, deram a escalação da equipe para a próxima partida, noticiaram algumas outras irrelevâncias, e NÃO disseram o motivo da reunião do goleiro com o elenco.

Rogério explicou aos demais atletas, por cerca de uma hora, o movimento acima citado no post. Muricy, na mesma entrevista coletiva, disse apoiar a mudança, que é salutar para o futebol brasileiro. Os demais veículos esportivos noticiaram a manifestação como causa do atraso. Já a Globo...

A Globo, por sua vez, fez o que está acostumada: ocultou o que não lhe convinha. Comentou sobre o atraso no treino, mas não falou sobre o movimento em nenhum momento da reportagem. Como se sabe, a emissora manda e desmanda no calendário do futebol brasileiro.

Quem se informar só pela Globo jamais saberá da existência desse protesto. Ao contrário. Vai continuar assistindo aos jogos até a meia-noite de quarta-feira, já que as partidas só começam após o último beijo da novela, como disse o Alex.

João Andrade
, editor do Conversa Afiada.

Jogadores de futebol decidem enfrentar CBF e Rede Globo

 


Grupo de 75 atletas dos principais clubes do país lançam manifesto contra calendário de jogos

De forma espontânea, os principais atletas profissionais do futebol brasileiro decidiram, em conjunto, enfrentar a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão, e os próprios clubes, onde trabalham.

Um manifesto foi publicado na terça-feira (24) e assinado por 75 jogadores, como Paulo André (Corinthians), Elias (Flamengo), Alex (Coritiba), Rogério Ceni (São Paulo), Marcelo Lomba (Bahia) e D'Alessandro (Internacional).

Diz a nota conjunta: "Queremos ser uma parte mais efetiva deste movimento que se faz extremamente necessário e, para tanto, solicitamos uma reunião com a entidade que administra o futebol brasileiro (CBF) para tratar de questões propositivas e de comum interesse".

Os atletas buscam melhores condições de trabalho, reivindicam um limite de jogos, não abrem mão da pré-temporada e brigam pela garantia das férias, direito de todo trabalhador.

Recentemente, jogadores como Alex, do Coritiba; D'Alessandro, do Inter, entre outros, já haviam manifestado publicamente insatisfação com o número excessivo de jogos imposto pela entidade.

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, o diretor jurídico da entidade, Carlos Eugênio Lopes, citou a Copa do Mundo e pediu “boa vontade” dos jogadores para as disputas das competições nacionais e estaduais do ano que vem.“O próximo ano será excepcional por causa da Copa do Mundo. Tem que existir uma boa vontade de todas as partes”, afirmou.



'''''''''''''''''''''''''''''''



CONFIRA ABAIXO A NOTA OFICIAL NA INTEGRA:



Nós, atletas profissionais de futebol, com representantes em clubes das séries A e B do Campeonato Brasileiro, vimos, de forma oficial, demonstrar nossa preocupação com relação ao calendário de jogos divulgado na última sexta-feira (20) pela Confederação Brasileira de Futebol para o ano de 2014.

Devido ao curto período de preparação proposto e ao elevado número de jogos em sequência, decidimos nos reunir, de forma inédita e independente, para discutir melhorias em prol do futebol e da qualidade do espetáculo apresentado por nós a milhões de torcedores.

Queremos ser uma parte mais efetiva deste movimento que se faz extremamente necessário e, para tanto, solicitamos uma reunião com a entidade que administra o futebol brasileiro (CBF) para tratar de questões propositivas e de comum interesse.

Estamos convictos de que dar esse primeiro passo significa caminhar na direção do profissionalismo, da transparência e da busca pela excelência no futebol de alto rendimento praticado no Brasil.

Contamos com o apoio de outros atletas e convidamos todos os profissionais do futebol e apaixonados pelo esporte a se unirem a nós nesta iniciativa em benefício do futebol brasileiro.

Informaremos ao público o andamento e os resultados desta nova discussão assim que possível

Sem mais para o momento,



ABAIXO A LISTA DOS JOGADORES QUE ASSINARAM O DOCUMENTO:

Alessandro (Corinthians)

Alex (Coritiba)

Alex (Internacional)

Alexandre Pato (Corinthians)

Anderson (Paraná Clube)

André Rocha (Figueirense)

Arouca (Santos)

Barcos (Grêmio)

Bolívar (Botafogo)

Cássio (Corinthians)

Ceará (Cruzeiro)

Cícero (Santos)

Corrêa (Portuguesa)

Cris (Vasco)

D'Alessandro (Internacional)

Dedé (Cruzeiro)

Deivid (Coritiba)

Dida (Grêmio)

Diego Cavalieri (Fluminense)

Douglas (Corinthians)

Edson Bastos (Ponte Preta)

Edu Dracena (Santos)

Edu Schimidt (Sem Clube)

Elano (Grêmio)

Elias (Flamengo)

Fabinho (Criciúma)

Fábio (Cruzeiro)

Fábio Santos (Corinthians)

Fabrício (São Paulo)

Fahel (Bahia)

Felipe (Fluminense)

Fernando Prass (Palmeiras)

Gilberto Silva (Atlético-MG)

Ibson (Corinthians)

Jadson (São Paulo)

Jefferson (Botafogo)

Juan (Internacional)

Júlio Baptista (Cruzeiro)

Juninho Pernambucano (Vasco)

Kleber Gladiador (Grêmio)

Lauro (Ponte Preta)

Léo Moura (Flamengo)

Leonardo (Criciúma)

Lima (Portuguesa)

Lincoln (Coritiba)

Lúcio Flávio (Paraná Clube)

Luís Alberto (Atlético-PR)

Luís Fabiano (São Paulo)

Luís Ricardo (Portuguesa)

Maldonado (Corinthians)

Marcel (Criciúma)

Marcelo Lomba (Bahia)

Marco Antonio (Atlético-PR)

Moisés/Meia (Portuguesa)

Moisés/Zagueiro (Portuguesa)

Neto Baiano (Goiás)

Paulo André (Corinthians)

Paulo Baier (Atlético-PR)

Paulo Cesar (Sem Clube)

Rafael Moura (Internacional)

Rafael Sobis (Fluminense)

Roberto (Ponte Preta)

Rodrigo (Goiás)

Rogério Ceni (São Paulo)

Serginho (Criciúma)

Souza (Portuguesa)

Thiago Ribeiro (Santos)

Tinga (Cruzeiro)

Titi (Bahia)

Valdívia (Palmeiras)

Valdomiro (Portuguesa)

Victor (Atlético-MG)

Wendel (Vasco)

William (Ponte Preta)

Zé Roberto (Grêmio)