Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Publicado em 13/02/2013

A “Outra História do
mensalão” é um sucesso !

Coitado do Ataulfo !

O STF não perde por esperar ...


O Conversa Afiada reproduz e-mail que recebeu de Willian Novaes da Geração Editorial, a mesma editora que lançou a Privataria Tucana, do Amaury, pela blogosfera.

Clique aqui para ler “Prefácio de Ayres Britto é imoral”.


Pessoal,

Tudo bem?

Os 8 mil exemplares da primeira edição do livro A Outra Historia do Mensalão já estão comprometidos com uma parte dos clientes da Geração Editorial. Mesmo em pleno Carnaval, a editora foi obrigada a aumentar a tiragem inicial em mais 10 mil exemplares, necessários para atender a enorme procura. Até as 12h desta Quarta-feira de Cinzas, 30% dos 10 mil extras também foram reservados para mais uma parte dos parceiros comerciais da editora.

A mais nova polêmica traz as contradições do suposto “maior julgamento” da história da Justiça brasileira. A tiragem de 18 mil exemplares é um número considerado alto para o mercado editorial brasileiro.

A editora mais polêmica do Brasil apostou em A Outra Historia do Mensalão – As contradições de julgamento político, de autoria do jornalista Paulo Moreira Leite, para os leitores tirarem a sua própria conclusão sobre o julgamento mais midiático realizado pelo Supremo Tribunal Federal. A obra tem o prefácio do respeitado jornalista e colunista da Folha de S. Paulo, Janio de Freitas.

ALGUMAS PERSONALIDES COMENTARAM SOBRE O LIVRO:

“O bom jornalismo é o alimento da democracia, o mau jornalismo o seu veneno. Os textos de Paulo Moreira Leite sobre o julgamento sintetizam aquilo que o jornalismo tem de melhor: fidelidade aos fatos, capacidade de organizar e relacionar informações, coragem de raciocinar com a própria cabeça, enfrentando a manada. E talento, que não faz mal a ninguém. O futuro agradece.”

JORGE FURTADO, cineasta premiado, dirigiu O Homem que Copiava e Saneamento Básico — o filme

“Explicando as decisões do STE a partir da conjuntura política do país, Paulo Moreira Leite desempenhou um relevante papel como consciência crítica. Lembrou que o combate à corrupção é fundamental, mas que deve ser sopesado com a presunção de inocência e o do Estado de Direito.”, PEDRO ESTAVAM SERRANO, Professor de Direito Constitucional na Faculdade de Direito da PUC de São Paulo

“Ao discutir o julgamento, Paulo Moreira Leite ilumina um dos temas mais caros à democracia: a liberdade política. Ele o faz de forma clara, profunda, brilhante, demolidora. O livro revela o arbítrio judicial e mostra como um jornalista se transformou em operário das liberdades.” – LUIZ MOREIRA, Doutor em Direito pela UFMG, Conselheiro Nacional do Ministério Publico entre 2010 e 2012


Abc

Willian

Comentários

Deixe seu comentário

"O Conversa Afiada não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas ou que excedam 15 linhas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do Conversa Afiada."

  •